Cidadeverde.com
Esporte

Musk fala em comprar Manchester United, mas depois diz que era piada

Imprimir

O bilionário americano Elon Musk surpreendeu o mundo do futebol na noite desta terça-feira ao afirmar que iria comprar o Manchester United. Também em seu perfil oficial no Twitter, o empresário disse horas depois que estava apenas fazendo uma piada nas redes sociais.

"E vou comprar o Manchester United, de nada", escreveu Musk, após uma série de postagens sem qualquer relação com esportes. Horas depois, após ser questionado por um seguidor, ele voltou atrás. "Não, é uma velha piada no Twitter. Não estou comprando nenhum time de esporte."

A primeira mensagem gerou forte repercussão na rede, onde Musk tem 103 milhões de seguidores.

O post gerou 104 mil compartilhamentos e mais de 660 mil curtidas. Poucos minutos depois de revelar a brincadeira, ele acrescentou: "Mas, se existisse algum time (que eu compraria), seria o Manchester United. Era o meu time favorito na infância".

Conhecido pelas declarações inesperadas nas redes sociais, Musk esteve perto de adquirir o próprio Twitter recentemente. O empresário desistiu da negociação de última hora e agora enfrenta uma disputa legal, com risco de alta indenização, com a atual gestão da empresa.

Nos últimos anos, os grandes clubes da Inglaterra foram adquiridos por grandes empresários e grupos bilionários pelo mundo. Atualmente, o Manchester pertence à família americana Glazer, criticada por boa parte da torcida pela forte queda de rendimento do time nas últimas temporadas europeias.

Apesar da situação difícil também na questão financeira, o United não foi alvo de rumores sobre possível venda nos últimos meses, algo que aconteceu, por exemplo, com o rival Chelsea, que trocou de mãos nas últimas semanas.

Dentro de campo, o time de Cristiano Ronaldo perdeu suas duas primeiras partidas no Campeonato Inglês.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir