Cidadeverde.com
Últimas

"Saímos de casa sem saber se voltamos" diz motoboy; categoria realizará ato em Picos

Imprimir

Foto: Reprodução/Redes Sociais 

Após o acidente que vitimou o motoboy, Mailton Pereira da Silva, de 22 anos, a categoria realizará uma motociata no próximo sábado (20) em Picos. Os entregadores de delivery reivindicam melhores condições de trabalho e mais segurança.

O ato está previsto para acontecer, às 16h, com concentração na Avenida Severo Eulálio. Do local, os motoboys percorrerão as principais ruas de Picos com desfecho na Praça de Alimentação.

O motoboy, Paulo Henrique Alves, vive esta realidade de perto e há quarenta dias está afastado do trabalho após sofrer um acidente em que foi colhido por um carro de passeio. O mesmo quebrou o braço e está impossibilitado de trabalhar.

"Eu como muitos outros me vi sem emprego, sem trabalho e vi uma oportunidade de trabalho como motoboy. É uma profissão que infelizmente está sendo muito perseguida, discriminada. Vamos tentar legalizar o mais rápido possível e fazer com que tudo saia correto porque a gente sai de casa sem saber se volta. Certas imprudências, velocidade, que acabamos cometendo é por pressão de chegar o produto na casa do cliente", disse Paulo Henrique Alves.

Em razão das condições de trabalho, falta de valorização e segurança do trabalho, a categoria está buscando se organizar e ter uma insituição representativa. "Não temos nenhuma liderança que nos represente, para lutar por nossos direitos", concluiu.

Motoboy morre em acidente

Mailton Pereira da Silva

Na madrugada do último domingo (14) o jovem Mailton Pereira da Silva, 22 anos, veio a óbito após ser colhido por um carro de passeio no Centro de Picos.

O acidente ocorreu no semáforo do cruzamento das ruas Cel. Francisco Santos e Cel. Antônio Rodrigues.

Imprimir