Cidadeverde.com
Esporte

UFPI nega transporte e atletas podem não participar dos Jogos Universitários em Brasília

Imprimir

Fotos: Cidadeverde.com

Os Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s) terá sua 69ª edição neste ano de 2022 entre os dias 18 e 25 de setembro, em Brasília. O Piauí deve ter mais de 150 atletas distribuídos entre as várias modalidades do torneio nacional, mas atualmente os representantes da maior delegação, UFPI, vivem a dúvida se estarão nos jogos por conta da falta de transporte, que foi negado pela Universidade. Ao total, a UFPI deve ter mais de 80 alunos/atletas nos Jogos. Na última semana, os alunos receberam um documento com parecer desfavorável em relação ao ônibus que foi solicitado para a viagem até a Brasília. A justificativa foi o corte de gastos que vive a Universidade Federal. 

“Tentamos o ônibus com a instituição de ensino, a gente já tentou em anos anteriores e o parecer foi favorável, a gente tinha para esse ano um parecer favorável, mas hoje deram um parecer negativo. Eu não sei sequer descrever a frustração até porque eu sou ex-atleta e já representei essa instituição várias vezes”, explicou Anna Joana, técnica do vôlei feminino. 

Técnica Anna Joana em conversa com o prefeito universitário - Alessandro Rhadamek

Na tarde desta sexta-feira (19) alguns dos alunos/atletas se reuniram na sede da prefeitura universitária e foram recebidos pelo Prefeito Universitário, Alessandro Rhadamek, que ouviu o pedido, ficou ciente do caso, houve uma tentativa também de falar com o reitor, mas não foi possível. Faltando 30 dias para competição, os atletas narram a frustração de talvez perder o JUB’s e o peso disso, pois os jogos são importantes para definir por exemplo bolsa atleta 2023. 

“Existem os três pilares da instituição que é ensino, pesquisa e extensão e todo mundo que vai para essa viagem não vai simplesmente por ir. Todos treinam todos os dias de forma seria e muitos assim como eu dependem dessa competição para conseguir o bolsa atleta federal do próximo ano e sem o transporte vai ficar difícil a gente conseguir participar desse evento”, lamentou Jair Carvalho, representante do atletismo e aluno do curso de educação física da UFPI.

Até chegar à etapa nacional os alunos/atletas e técnicos relatam que passaram por seletivas e todos esses custos foram arcados pelos próprios, já sem apoio da universidade – Inscrição de etapa Estadual, Inscrição da etapa Nacional, pagamento de anuidade de federação e arbitragem nos jogos estaduais. 

A UFPI tem representante nos naipes feminino no futsal, vôlei e basquete como modalidades coletivas. Mas também tem representantes no atletismo, judô, badminton, natação. Não atoa é a maior delegação do estado na competição e ao total são mais de 80 atletas. 

Os JUBs são seletivas para os Jogos Universitários Sul-Americanos e para a Universíade (Olimpíadas Universitárias). Em Brasília, o evento reunirá cerca de oito mil participantes, entre atletas, árbitros, voluntários e oficiais de todas as Unidades da Federação.


Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir