Cidadeverde.com
Cidades

Piauí recebe alertas de baixa umidade para 203 municípios; veja previsão

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu na manhã deste domingo (21), dois alertas de perigo para baixa umidade relativa do ar que afeta 203 municípios do Piauí. A previsão é que a condição dure até às 19h. 

Segundo o Instituto, o aviso laranja, considerado o mais perigoso, atinge as regiões Centro-Norte, Sudeste e Sudoeste piauiense. Nesses locais, a umidade do ar pode ficar variando entre 20% e 12%. 

O Inmet ressalta ainda que por conta dessa condição, há riscos de incêndios florestais e à saúde como o ressecamento da pele, olhos, boca e nariz. 

Fonte: INMET

Já as demais regiões, com exceção da faixa norte próximo ao litoral do Piauí, estão sob alerta amarelo de perigo potencial, com umidade do ar podendo variar entre 30% e 20%. O índice representa um baixo risco de incêndios florestais e à saúde. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade considerada ideal fica entre 40% a 70%.

Com a baixa umidade, a recomendação é para que se beba bastante líquido, evite desgaste físico nas horas mais secas e evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia e para mais informações, o Instituto divulga o telefone da Defesa Civil (199) e o do Corpo de Bombeiros (193). 

Confira a previsão do tempo para este domingo (21): 

  • Teresina está com previsão de temperatura mínima de 21° C e máxima de 35°C.
  • Barras tem previsão de tempo parcialmente nublado, com mínima de 22°C e máxima de 36°C.
  • Picos está previsto tempo parcialmente nublado com mínima de 19°C e máxima de 34°C.
  • Floriano tem previsão de tempo parcialmente nublado, com temperatura mínima de 22°C e máxima de 35°C.
  • Em Parnaíba a temperatura mínima prevista é de 24°C e máxima de 34°C.
  • No município de Bom Jesus, a mínima é de 19°C e máxima de 33°C, com céu com poucas nuvens.
  • Em Correte está previsto tempo parcialmente nublado com mínima de 19°C e máxima de 32°C.

 

 

Rebeca Lima
[email protected]

 

Imprimir