Cidadeverde.com
Esporte

José Aldo faz luta defensiva e perde para Merab Dvalishvili por pontos no UFC 278

Imprimir

José Aldo frustrou os seus torcedores ao ser superado por Merab Dvalishvili no card principal do UFC 278, disputado na madrugada deste sábado, em evento realizado nos Estados Unidos. 

O tropeço interrompe uma sequência de três vitórias seguidas do brasileiro e torna mais distante o sonho de voltar a brigar pelo cinturão da categoria peso-galo (até 61 kg).

A derrota do ex-campeão dos penas teve decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28 e 30-27) e mostrou o brasileiro com pouco repertório de ataque para enfrentar o georgiano no octógono.

A estratégia de José Aldo foi de estudar o rival, neutralizar o seu jogo de quedas e explorar uma brecha para encaixar seus golpes.

Dvalishvili, no entanto, foi mais agressivo a apresentou mais volume durante a maior parte do combate. No primeiro assalto, ele chegou a aplicar um chute rodado e buscou os jabs para testar a resistência do lutador brasileiro.

No segundo assalto, Dvalishvili seguiu mais agressivo desde o início e foi superior apesar de não conseguir levar seu oponente ao solo. Aldo aceitou menos o jogo de clinche, mas acabou pressionado na grade demonstrando falta de agressividade diante do ímpeto do adversário.

A última etapa do confronto manteve o panorama de toda a luta. O georgiano buscou utilizar seus golpes e tentou aplicar três quedas. 

Mesmo sem ir ao solo, José Aldo manteve a estratégia de jabs e diretos, que acabou tendo pouco efeito na visão dos juízes. Por fim, Merab acabou sendo declarado vencedor.

BRASILEIROS NÃO FORAM BEM

A jornada não foi boa para os outros brasileiros que entraram no octógono em Salt Lake City. Léo Santos acabou derrotado por Jared Gordon também por decisão unânime dos juízes. 

Francisco Figueiredo foi finalizado no primeiro assalto para a Amir Albazi Daniel Miojo foi outro a ser superado na noite por Victor Altamirano que aplicou um nocaute técnico.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir