Cidadeverde.com
Entretenimento

FestLuso 2022 traz peças de São Paulo e de Teresina com tema atuais e instigantes nesta quarta (24)

Imprimir

Fotos: Divulgação
A atriz Bid Lima apresenta, nesta quarta, 24, a peça “Caso do Vestido” no FestLuso 

A programação do FestLuso 2022 segue, nesta quarta-feira, 24, com os espetáculos “Hamlet cancelado”, com Vinícius Piedade, de São Paulo, no Theatro 4 de Setembro, às 19h e “O Caso do Vestido”, do Coletivo Capemga, do Piauí, no Teatro da Estação, às 21h. No programa formativo, terá a oficinas “Diálogos de Produção”, das 15h às 17h, com a atriz Cynthia Margareth, no auditório da Escola de Música de Teresina. Também “Rodas de Conversas: Relatos e Processos”, às 9h30, no Luxor Hotel.

De volta a Teresina, Vinícius Piedade contou que, desta vez, estar na capital piauiense vai ser muito especial devido à importância do FestLuso. O ator atua em solo nos dois espetáculos. Em “Hamlet Cancelado” ele encena um figurante frustrado com o cancelamento da montagem da peça Hamlet em sua cidade e que decide construir por conta própria sua adaptação do clássico.

Já em “O Caso do Vestido”, a atriz Bid Lima, do Grupo Capemga, de Teresina, revela que a expectativa é a melhor possível em relação ao FestLuso. “Tendo em vista que estamos todos ansiosos e ávidos a estarmos nos palcos, pois esse hiato sofrido em tempos de pandemia foi desesperador. A vontade de fazer teatro aliada ao espaço e a visibilidade que o Festluso proporciona aos fazedores de arte, é muito bom para todos nós artistas e expectadores”, disse.

A peça é uma adaptação teatral do poema homônimo que integra a obra “A Rosa do Povo”, de Carlos Drummond de Andrade. O monólogo apresenta a história de uma mãe que narra às filhas a traição do marido que abandona o lar para partir com outra, remetendo a uma problemática de cunho familiar que é apresentando numa narrativa de desconforto crescente.

O ator paulista Vinícius Piedade em “Hamlet Cancelado”

A 12ª edição do Festival de Teatro Lusófono (FestLuso) 2022 segue até dia 28 de agosto, com vasta programação de espetáculos falantes da língua portuguesa, que reúnem companhias piauienses, de Pernambuco, São Paulo, Portugal, Moçambique, Guiné Bissau, Cabo Verde, de Angola e a grande novidade, a presença da Argentina, e passa a incluir outra derivação do latim.

As apresentações serão gratuitas com um número limite de espectadores e o uso de máscara será obrigatório. Para ter acesso a cada apresentação, o público deve chegar até meia hora antes para ter acesso à senha. No caso das oficinas, serão permitidas até 25 pessoas por turma.] O FestLuso 2022 tem realização do Grupo Harém de Teatro; patrocínio da Equatorial Energia, por meio da SIEC; Secretaria de Estado da Cultura do Piauí – SECULT – Governo do Estado do Piauí e Piauí 200. Apoio: Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves – FMC e Prefeitura Municipal de Teresina. Produção: Navilouca Produções.

Imprimir