Cidadeverde.com
Picos

Dependência em jogos online afeta 28% dos brasileiros

Imprimir

A dependência em jogos online tem se tornado um problema cada vez mais comum e que atinge 28% dos brasileiros. Desde 2018, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece a situação como uma doença.

O nutricionista, Tales Sousa, curte jogos online desde a infância e vê na prática uma opção de lazer e distração.

“Eu ia as locadoras para poder jogar e jogo pra mim é mais hobby para aliviar o estresse do dia a dia. Com a pandemia tivemos que ficar preso dentro de casa e continuamos mantendo o contato através dos jogos", disse o nutricionista.

O analista de Sistemas, Emanuel Yves, explicou que a paixão pelos games foi decisiva na hora da escolha da profissão.

“Nesse contato com computador, sempre gostei de jogar, de mexer em computador, fiz vários cursos de computação por sempre estar mexendo. Além de servir para trabalho, serve também para me divertir, desopilar", ressaltou.

No entanto, vale ressaltar que o vício por jogos na internet pode acarretar problemas de relacionamento social e comportamentais. O psicólogo, Anderson Meireles, explica sobre as alterações que podem incindir sobre o jogador.

“Tem que está atento a questão do rendimento escolar, com o comportamento, principalmente com jogos violentos, onde os adolescentes tendem a ficar mais ansiosos, com comportamentos estranhos e ríspidos. 

Paula Monize

*com informações do Notícias de Picos

Imprimir