Cidadeverde.com
Esporte

Matthaus entrega camisa usada por Maradona na final de 1986 para museu

Imprimir

O ex-meio-campista alemão Lothar Matthaus entregou a camisa usada por Maradona na final da Copa do Mundo de 1986 para exibição em um novo museu administrado pelo colecionador argentino Marcelo Ordás, em Madri. 

A entrega da peça histórica foi feita durante uma cerimônia realizada na Embaixada da Argentina na Espanha nesta quinta-feira.

Matthaus trocou de camisa com Maradona no intervalo da final de 1986, vencida por 3 a 2 pela Argentina diante da Alemanha Ocidental, no México. As duas seleções e os dois jogadores lendários se reencontraram quatro anos depois, na decisão da Copa de 1990, na qual os alemães levaram a melhor.

Quando venceu, o ex-meia trocou mais uma vez de camisa com o craque argentino. Anos depois, doou a peça para um museu na Alemanha. Maradona e Matthaus também se cruzaram no Campeonato Italiano, jogando por Napoli e Inter de Milão, respectivamente.

"Foi sempre uma grande honra jogar contra ele. Como jogador e como pessoa, ele sempre será alguém muito importante para mim. Ele sempre estará em nossos corações", disse o alemão.

A entrega da camisa da final 1986 foi um gesto importante para os argentinos, que não gostaram de ver outra camisa de Maradona na mesma Copa ser vendida por mais de US$ 9 milhões em um leilão.

Trata-se daquela que ele vestia quando protagonizou a controversa "mão de Deus" nas quartas de final contra a Inglaterra.

O argentino Marcelo Ordás, dono do museu onde a camisa da final será exibida, participou do leilão para ter a peça do gol de mão, mas não conseguiu bater o valor do vencedor. Depois disso, movimentou-se para convencer Matthaus a doar sua relíquia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir