Cidadeverde.com
Vida Saudável

Veja os 5 benefícios que o treino funcional proporciona às mulheres

Imprimir

 

Foto: Freepik

 

A prática de atividades física é essencial para a manutenção de uma vida mais saudável, pois fortalece o sistema imunológico e combate doenças crônicas. Segundo o Ministério da Saúde, entre as diferentes modalidades disponíveis para quem deseja pôr em prática hábitos alinhados à saúde e ao bem-estar, está o treino funcional, um método cada vez mais procurado em academias e estúdios voltados para exercícios físicos. 

Esse tipo de treino tem agradado muitas mulheres, especialmente celebridades. Os motivos que fazem com que a prática seja cada vez mais popular entre o público feminino são vários, incluindo benefícios à saúde física e mental. Diferentes pesquisas atribuem a modalidade ao emagrecimento, perda de gordura localizada, fortalecimento muscular e redução nos níveis de estresse. 


O que é um treino funcional?

Em linhas gerais, o treino funcional é um método que utiliza diferentes exercícios que aperfeiçoam movimentos simples do dia a dia, como correr, agachar, sentar, pular, carregar objetos, empurrar e entre outros.  

Esse tipo de treino aumenta a força de diferentes cadeias musculares, enquanto garante equilíbrio e a estabilidade das articulações, evitando riscos de lesão.


Vantagens do treino funcional para as mulheres

O treino funcional não é o favorito das famosas à toa. Além de ser uma prática dinâmica que trabalha diferentes áreas musculares, a modalidade é capaz de oferecer diversos benefícios.


Auxilia no emagrecimento 

A maioria das mulheres que iniciam uma nova atividade física pensa na redução de medidas e no emagrecimento. Um dos motivos que fazem com que o treino de funcional seja uma boa opção para o público feminino é justamente o auxílio que a modalidade oferece para quem deseja perder peso. 

Segundo uma pesquisa publicada no Journal of Human Sport and Exercise, esse tipo de treino ajuda no ganho de massa magra e na diminuição de gordura corporal. Durante o estudo, nove mulheres praticaram o funcional de alta intensidade, utilizando objetos como barras e halteres, durante 16 semanas. No final dos testes, todas apresentaram uma redução de aproximadamente 18% no percentual de gordura. 


Ganho de força e resistência muscular

Além de auxiliar no emagrecimento, o treino funcional também é vantajoso para quem busca aumentar a força e a resistência muscular. Conforme um estudo realizado pela Universidade de Guilan, publicado na Physical Activity, a modalidade pode ser tão potente quanto a musculação. 

A pesquisa comparou os ganhos musculares de mulheres que praticaram exercícios do funcional com fita de suspensão com os de quem faz musculação. Os resultados mostraram que os ganhos de força foram similares, principalmente dos membros superiores das atletas. 


Combate ansiedade e depressão 

A prática regular de atividades físicas é uma grande aliada da saúde mental, pois alivia no estresse e estimula o humor. Muitos profissionais da área da psicologia incentivam que seus pacientes se mantenham ativos para combater quadros de ansiedade e depressão. 

Segundo um estudo realizado pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE/USP), coordenado pelo professor Carlos Ugrinowitsch, exercícios físicos como os do treino funcional podem ajudar a estimular a produção de substâncias que ajudam no combate dessas condições.

Resultados preliminares de testes realizados com 65 pacientes que fazem uso de medicamentos para depressão mostraram que os exercícios presentes nessa modalidade conseguiram diminuir os sintomas da doença e a falta de esperança por melhora.


Aliado no período de menopausa

Durante a menopausa, o corpo e as emoções das mulheres ficam à flor da pele devido à queda dos níveis de estrogênio. Uma das formas de aliviar esse incômodo é fazer atividades físicas, podendo ser indicado o treino funcional. 

De acordo com um artigo publicado na Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, esse tipo de modalidade pode ser uma aliada no período de pós-menopausa. A pesquisa observou durante oito meses mulheres que treinavam três vezes por semana e constatou que houve uma redução na gordura corporal, o que tradicionalmente é difícil acontecer durante esse período. 


Ajuda no equilíbrio 

Outro ponto apontado em pesquisas em relação ao funcional é o auxílio no ganho de equilíbrio. Segundo um estudo publicado na Revista Vento e Movimento, o treino dinâmico ajuda mulheres que buscam mais condicionamento físico e equilíbrio. 

A pesquisa utilizou como objeto de estudo 30 mulheres fisicamente ativas, dos 20 aos 58 anos de idade, e constatou que essa modalidade de exercício auxilia na melhora do equilíbrio e da propriocepção.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir