Cidadeverde.com
Esporte

Brasil bate Irã e enfrenta Argentina nas quartas de final do Mundial de vôlei

Imprimir

A seleção brasileira masculina derrotou o Irã nesta terça-feira, por 3 sets a 0 (parciais de 25/17, 25/22 e 25/23) e vai encarar a Argentina pelas quartas de final do Campeonato Mundial de vôlei que está com a fase final sendo disputada na Polônia. 

Imagem: Divulgação/VolleyballWorld

Em um jogo marcado pelo equilíbrio, o ponto da vitória veio em um ace de Bruninho. O adversário pediu checagem do lance, que acabou confirmando bola dentro.

O duelo diante dos argentinos acontece nesta quinta, às 12h30 (horário de Brasília) com transmissão do Sportv.

A campanha da seleção comandada pelo técnico Renan Dal Zotto se mantém 100%. O Brasil ganhou os três jogos que realizou na primeira fase da competição. Venceu Cuba na estreia, derrotou o Japão na sequência e fechou a participação com um com um contundente 3 a 0 sobre o Catar.

Para Lucão, valeu o espírito de grupo e poder de reação. "Foi um jogo duro, o Irã mudou muito o time e demoramos um pouco a fazer a leitura. Mas tivemos um grande poder de reação e buscamos a vitória. Todos estão de parabéns", afirmou.

O primeiro set teve uma seleção brasileira consistente na defesa e com um contra-ataque muito forte, que dificultou as ações da seleção iraniana. O Irã bem que tentou surpreender apostando no bloqueio, mas o Brasil conduziu melhor o jogo e comandou o placar no primeiro set fechando a disputa em 25/17.

O Brasil voltou mantendo o padrão, mas o adversário respondeu com um bom saque e esteve colado no Brasil durante a primeira metade da disputa. A equipe de Renan Dal Zotto passou a variar as jogadas de meio de rede e, aos poucos conseguiu abrir uma pequena vantagem. 

Com 20 a 16, o time brasileiro deu a indicação de que fecharia o segundo set sem problemas, mas erros infantis tornaram a disputa complicada.

O placar ficou em 24 a 22 e a partida ficou bastante tensa. Foi quando Rodriguinho entrou em ação e definiu a segunda parcial em 25 a 22. Os iranianos reclamaram de invasão do atleta brasileiro, mas o árbitro confirmou o ponto e a vitória do Brasil também no segundo set.

Disposta a se recuperar para adiar a definição do confronto em três sets, a seleção iraniana manteve o jogo equilibrado. Obteve uma pequena dianteira pontos, mas o Brasil voltou a comandar o placar já na metade do terceiro set.

O saque forçado de Wallace e a eficiência de Leal no ataque ajudaram o time nacional a desgarrar. A reação no entanto, foi imediata. Após abrir um 16 a 13, o jogo voltou a ficar indefinido com o placar estabelecendo 19 a 19 no terceiro set.

O confronto seguiu disputado ponto a ponto. Com o placar 24 a 23 ao favor do Brasil, Bruninho foi para o saque tendo a chance de definir a partida. Ele sacou forte, no fundo da quadra e o lance teve de ser checado. Na confirmação do ponto, festa brasileira na quadra com a quarta vitória em quatro jogos.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir