Cidadeverde.com
Esporte

Barcelona goleia Cádiz em jogo paralisado por torcedor com ataque cardíaco

Imprimir

Com mais um gol de Robert Lewandowski - o sexto no Campeonato Espanhol -, o Barcelona conheceu a quarta vitória consecutiva ao derrotar o lanterna Cádiz por 4 a 0, na tarde deste sábado, no estádio Nuevo Mirandilla, pela quinta rodada.

O jogo foi marcado por uma paralisação no segundo tempo porque um jogador apresentou problema cardíaco na arquibancada.

A vitória fez o Barcelona assumir provisoriamente a liderança do Campeonato Espanhol, com 13 pontos, um a mais que o Real Madrid, que entra em campo neste domingo para enfrentar o Mallorca. O Cádiz, por outro lado, segue ainda sem pontuar.

O jogo chegou a ficar interrompido por quase uma hora para atendimento de um torcedor nas arquibancadas. Ele apresentou um problema cardíaco e foi levado ao hospital mais próximo.

O Barcelona começou com algumas surpresas do técnico Xavi Hernández. Lewandowski iniciou no banco de reservas, enquanto Raphinha ganhou uma oportunidade entre os titulares, animado por estar entre os convocados de Tite para a lista dos próximos amistosos da seleção brasileira. Já o zagueiro Piqué esteve entre os 11 iniciais pela primeira vez na temporada.

O Cádiz tentou surpreender o Barcelona logo de casa, mas não teve êxito. Com isso, precisou recuar e viu o time catalão pressionar por todos os lados. Aos nove minutos, Raphinha bateu de pé esquerdo e carimbou a trave. A bola ainda sobrou para Ferrán Torres, que parou em Ledesma.

O Barcelona tentou explorar os lados de campo, mas encontrou dificuldade para superar a marcação do lanterna do Espanhol e só foi inaugurar o marcador aos nove minutos. Raphinha fez grande jogada pela lateral e cruzou para Gavi, que chutou em cima da defesa. Na sobra, De Jong marcou.

O gol animou Xavi, que colocou nomes como Dembélé, Pedri e Lewandowski na equipe. E o polonês não vem sentindo pressão por usar a camisa do Barcelona, pelo contrário, vem jogando muita bola. Logo após entrar em campo, aos 19 minutos, ele aproveitou um bate e rebate na pequena área para ampliar o marcador.

O jogo caiu de produção, mas ganhou em tensão aos 36 minutos, em razão do atendimento ao torcedor. Quando a bola voltou a rolar, o Barcelona fez o terceiro aos 41 minutos. Lewandowski saiu de cara para o goleiro e tocou para Ansu Fati, que só empurrou.

Com o Cádiz entregue no jogo, o Barcelona seguiu pressionando e fez o quarto aos 47 minutos. Dembélé tirou a marcação adversária para dançar e contou com a falha do goleiro Ledesma para dar números finais ao embate.

Ainda neste sábado, o Sevilla desencantou e subiu para a 14ª colocação, com quatro pontos, ao derrotar o Espanyol (17º) - o lateral brasileiro Alex Telles entrou em campo no início do segundo tempo. Já o Valencia (12º) foi surpreendido pelo Rayo Vallecano (10º), fora de casa, por 2 a 1.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir