Cidadeverde.com
Geral

Acusado de roubar arma de PM é condenado a mais de 14 anos de prisão

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto, da 3ª Vara Criminal de Teresina, condenou Ítalo da Silva Araújo a 14 anos e 11 meses de prisão. Ele é acusado de roubar a arma de um policial militar na zona Sudeste da capital e de resistir à prisão. 

Na denúncia do Ministério Pública consta que o réu foi preso no último mês de janeiro em um condomínio localizado no Conjunto Torquato Neto, na zona Sul da cidade. Na ocasião, foi encontrado com ele uma pistola municiada.

A arma pertencia a um policial militar, que havia sido assaltado momentos antes quando estava em frente a uma casa de shows próximo à avenida Zequinha Freire, no bairro Santa Lia. 

“A materialidade do crime encontra-se demonstrada através da juntada do inquérito policial, auto de prisão em flagrante delito, Boletim de Ocorrência, auto de apresentação e apreensão, relatório policial, prova testemunhal colhida em juízo, laudo pericial, a confissão do acusado e dos demais elementos presentes no feito”, justificou o magistrado na sentença

O réu poderá recorrer da decisão mas, por conta dos seus antecedentes criminais e reincidência, o juiz estabeleceu o início do cumprimento da pena em regime fechado por entender que sua liberdade representaria um perigo para a sociedade”

“A manutenção da prisão preventiva do acusado é indispensável à garantia da ordem pública e da paz social, sendo insuficientes e inadequadas as medidas cautelares”, conclui Braga Neto.

Breno Moreno (Com informações do TJ-PI)
[email protected]

Imprimir