Cidadeverde.com
Últimas

Paralisação de vigilantes atrasa perícias em agência do INSS na zona Leste de Teresina

Imprimir

Fotos: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Vigilantes que prestam serviços para a agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) da Avenida João XXIII, zona Leste de Teresina, paralisaram nesta quinta-feira (15). O movimento gerou atraso nas perícias marcadas para hoje e um tumulto na entrada da agência. 

O Cidadeverde.com esteve no local e apurou que a paralisação iniciou porque vigilantes estariam com o salário atrasado. Eles cruzaram os braços às 7h e só retomaram as atividades duas horas depois. 

A técnica em enfermagem, Edinisse Fonseca, foi uma das afetadas com a paralisação e afirmou à reportagem que costuma acompanhar clientes na agência quase que diariamente e que por pouco não perdeu a perícia de três clientes devido à paralisação. 

Fonseca é natural de Campo Maior, distante 85 km de Teresina, e disse que gasta em torno de R$ 300 com aluguel de táxi para levar os clientes até a agência. 

“Quando eu cheguei começou um tumulto e disseram para a gente que não iriam atender porque não tinha segurança. Um monte de populares ficaram revoltados. Desse jeito fica difícil, porque além de pagar o táxi, ainda tem esse tumulto. É um descaso com o ser humano”, lamentou Fonseca. 

Já a lavradora Alais de Jesus, natural de Regeneração, estava na agência no momento que o tumulto começou e ao Cidadeverde.com disse que os profissionais do INSS que estavam próximo afirmaram que não atenderiam mais ninguém por conta da paralisação. 

“Estava as 7h dentro da agência e só fui atendida às 9h porque o perito demorou a chegar. É um descaso total com a gente que vem de longe e pagando caro. Eu mesmo pago 120 reais para vir de Regeneração”, criticou a lavradora. 

O que diz o INSS 

Ao Cidadeverde.com, a Gerência Executiva do INSS em Teresina, através de sua assessoria de comunicação,  confirmou a paralisação, contudo disse que a situação foi contornada com o envio de outros seguranças para retornar o atendimento na agência. Ainda segundo o INSS, houve um atraso nas perícias, mas aquelas que estavam previstas para hoje acontecerão como o planejado. 

 

 

 

 

Flash Nataniel Lima 
[email protected]

Imprimir