Cidadeverde.com
Picos

MP recomenda que em 48h empresa e Prefeitura de Picos cessem focos de incêndio em aterro

Imprimir

Na tarde desta quarta-feira (14) o Ministério Público Estadual através da 7ª Promotoria de Justiça expediu recomendação à Prefeitura de Picos e a empresa gerenciadora do aterro que focos de incêndio sejam controlados no prazo de 48 horas.

Há quatro dias, moradores da comunidade Valparaíso têm realizado manifesto em frente ao lixão exigindo a retirada do aterro do povoado. Há mais de uma década, os residentes da área sofrem com a poeira e fumaça provocada pelo lixão. 

O promotor titular da 7ª Promotoria de Justiça, Paulo Maurício Gusmão, destacou que a recomendação visa a adoção de medidas que cessem a fumaça no lixão.

“Eles [moradores] querem que a fumaça cesse e a retirada do lixão de lá. Tentamos um diálogo com representantes do município, da empresa que estavam no local, tentamos mediar uma espécie de acordo. Estivemos no local e ainda há realmente vários focos de fumaça que prejudica a população de Valparaíso, mas os moradores não entraram em acordo”, disse o promotor.

O prazo de recomendação se encerra nesta sexta-feira (15) e caso medidas não sejam tomadas, o MP ingressará com ação judicial.

“Caso não seja cumprida a recomendação, o Ministério Público Estadual ingressará com uma ação judicial para que as medidas sejam cumpridas sob pena de multa a incorrer aos gestores municipais e empresa”, explicou o promotor.

 

Paula Monize
[email protected]

Imprimir