Cidadeverde.com
Cidades

Em áudio, presidente da Câmara de Palmeirais é suspeito de ameaçar ex-esposa de morte

Imprimir

Uma recepcionista de 27 anos registrou boletim de ocorrência contra o ex-marido, Rodrigo Teixeira (MDB), vereador e presidente da Câmara Municipal de Palmeirais, a 101 km ao Sul de Teresina. Áudios que a TV Cidade Verde teve acesso mostram o vereador ameaçando matar a mulher caso ela não vá embora da cidade. 

O boletim de ocorrência foi registrado em Teresina no Departamento Estadual de Proteção a Mulher. Nele, a vítima solicita medidas protetivas contra o ex-marido. O casal tem dois filhos e, há 25 dias, teriam em comum acordo decidido terminar o relacionamento.  

Segundo a recepcionista, as ameaças teriam iniciado no dia 12 de setembro após o vereador tomar conhecimento de imagens da ex-mulher em uma festa dançando com dois amigos. O fato teria deixado o parlamentar irritado e desconfiado da possibilidade de ter sido traído durante o relacionamento. 

“Vou te dar uma opção: se tu quiser, vai te embora daqui de Palmeirais. Vende casa, carro e vai embora daqui. [...] se eu te ver, vou meter três tiros na tua cabeça”, diz o vereador em um dos áudios que a reportagem teve acesso. 

Foto: Google Maps

Além da ex-esposa, o homem chega a ameaçar pelo menos outras duas pessoas ligadas à recepcionista. Nos áudios, o vereador diz a essas pessoas que acabaram com o casamento dele.

A recepcionista trabalhava há dois anos na Prefeitura de Palmeirais e, segundo ela, foi exonerada há poucos dias a mando do vereador. Em um dos áudios ele confirma o pedido para o desligamento como forma de retaliação. 

Por conta das constantes ameaças, a recepcionista se mudou para Teresina, onde formalizou a denúncia na Delegacia Estadual de Proteção à Mulher.

A juíza de Direito da Vara Única da Comarca de Amarante, Netanias Batista de Moura, concedeu a medida protetiva e determinou que o vereador não se aproxime a menos de 100 metros da ex-esposa e de sua residência ou mantenha contato telefônico com a vítima ou seus familiares sob a possibilidade de ser decretada prisão preventiva. 

Foto: Reprodução / WhatsApp


Comunicado publicado nas redes sociais do vereador

O que diz o vereador 

Em comunicado, a assessoria do presidente da Câmara Municipal de Palmeirais informou que o vereador está afastado de suas funções legislativas desde o dia 14 de setembro por recomendação médica para tratamento de saúde. Rodrigo Teixeira foi diagnosticado com um problema psicológico, segundo laudo psiquiátrico que o Cidadeverde.com teve acesso. As mensagens, segundo fontes ligadas ao vereador, teriam sido enviadas durante um surto. Rodrigo Teixeira está em internação domiciliar, impossibilitado de exercer suas atividades e sem previsão de alta. 

Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir