Cidadeverde.com
Entretenimento

Roger Moreira pede para garota de 11 anos estuprada 'parar de meter' e é alvo de críticas

Imprimir

Foto: AgNews

Um tuíte do roqueiro Roger Moreira, recriminando uma menina de 11 anos que engravidou após ser estuprada, gerou reação nas redes sociais.

Roger, vocalista da banda Ultraje a Rigor, postou nesta quinta-feira (15) insinuando que a garota, que sofreu violência no Piauí, poderia ter evitado o episódio. "Agora vê se para de meter. Ou pelo menos usa camisinha, porra!", escreveu, comentando link com reportagem sobre o tema.

A garota sofreu o abuso em Teresina (PI). Foi a segunda vez que ela engravidou após estupro, mesmo estando sob cuidados de um abrigo na cidade. O comentário de Roger foi criticado pelo perfil Sleeping Giants, que faz campanhas contra conteúdo falso ou de ódio nas redes.

"O tweet está há mais de 24h sem cair. Até onde vai a passividade do Twitter? Como que algo tão abjeto consegue ficar no ar? Nojo, nojo, nojo!", disse.

Diversas pessoas também fizeram comentários reprovando a atitude do roqueiro.

Nesta sexta-feira (16), o músico disse que havia feito uma piada e que não se deixará submeter a críticas da esquerda.

"Fiz uma piada com a desgraça alheia, ou com a desgraça que é o Brasil e a família dessa menina. Porque eu acho graça em tudo e jamais serei pautado pela esquerda e pelo marxismo cultural de Gramsci [filósofo marxista italiano]", disse.

Fonte: Folhapress (FÁBIO ZANINI)

Imprimir