Cidadeverde.com
Economia

Produção de ovos de galinha cresce 85% em dez anos no Piauí, revela IBGE

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com 

O estado do Piauí avançou na produção de ovos de galinha e em 2021 atingiu a marca de 28,2 milhões de dúzias, um crescimento de 85,2% em dez anos, de acordo com os dados da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira (22).

Segundo a pesquisa, em 2011, o Piauí produziu 15,2 milhões de dúzias de ovos de galinha. Já em 2021, a produção foi de 28,2 milhões de dúzias.

No período de dez anos, o estado produziu quase 13 milhões de dúzias a mais. De acordo com o supervisor de Pesquisas Agropecuárias da Superintendência do IBGE no Piauí, Pedro Andrade, o aumento significativo é justificado pelo incremento de granjas de postura no estado.

“O aumento da produção de ovos de galinha no período de 2011 a 2021 foi proporcionado pelo incremento de granjas de postura no Piauí, cuja atividade é praticada com técnicas adequadas, retorno imediato, além da demanda por este produto. Ressalte-se que até o período anterior - 2001 a 2010 - a produção de ovos de galinha do tipo ‘caipira’ tinha uma expressiva participação no estado”, esclarece Pedro Andrade.

Ainda segundo o IBGE, em 2021, o Brasil produziu mais de 4 bilhões de dúzias de ovos de galinha. Deste total, a produção piauiense representa apenas 0,58%, sendo a sexta menor do país.

A maior quantidade foi gerada pelo estado de São Paulo, com 1,1 bilhão de dúzias registradas em 2021. Já o menor volume foi do Acre, com 6 milhões de dúzias.


Rebeca Lima (Com informações do IBGE) 
[email protected] 

 

Imprimir