Cidadeverde.com
Últimas

Suspeito é preso tentando recuperar dedo decepado durante roubo no ES

Imprimir

Foto: GCM/Divulgação

Um suspeito de 24 anos foi detido após cometer um assalto, perder parte do dedo, fugir e voltar ao local do crime para recuperar a parte do corpo. O caso foi registrado na manhã desta quinta-feira (22) em Vitória (ES), segundo informações da Guarda Civil Municipal.

De acordo com o registro da ocorrência, o suspeito do crime estava em uma motocicleta e roubou a bolsa de uma mulher de 51 anos, dando socos nela enquanto puxava o objeto.

"Ao ver a senhora sendo agredida pelo suspeito, a população se insurgiu contra ele. Ele tentou se evadir com a moto, mas acabou colidindo com um veículo. Na colisão, ele perdeu parte do dedo da mão esquerda e saiu correndo pelas ruas do bairro, fugindo da população", afirmou à reportagem o inspetor da GCM, Lucas Amaral.

Segundo o inspetor, viaturas fizeram rondas pelo bairro em busca do suspeito, mas uma delas ficou no local do acidente aguardando o guincho que recolheria a motocicleta usada no crime.

"Após aproximadamente 40 minutos, o suspeito voltou com uma caixinha de isopor com gelo em busca de parte do dedo que havia ficado no chão. Imediatamente, ele foi detido e algemado. A limpeza da mão dele foi feita precariamente com álcool e ele foi encaminhado com o pedaço do dedo para o hospital", disse o GCM.

Segundo o inspetor, no hospital, os médicos afirmaram que o pedaço do dedo anelar do homem não poderia ser reimplantado. Após receber atendimento, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Vitória.

Apesar da agressão testemunhada por pessoas que passavam na rua, o homem negou ter tentado cometer o roubo e disse que estava apenas pedindo informações.

Além do suspeito do crime, a vítima da tentativa de assalto, que ficou com um edema no rosto por causa dos socos, também foi socorrida, levada ao hospital e liberada em seguida.

Segundo a Polícia Civil, o homem foi preso em flagrante e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. A reportagem não conseguiu o contato da defesa do suspeito até o momento.

 

Fonte: Folhapress 

Imprimir