Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo fará contra o Avaí ensaio para a final da Sul-Americana

Imprimir

O São Paulo entra em campo neste domingo (25), às 20h (de Brasília), no Morumbi, em São Paulo (SP) para enfrentar o Avaí pelo Campeonato Brasileiro.

Só que a partida, válida pela 28ª rodada, servirá não só para que o time possa subir na tabela do Brasileiro, mas como preparação para a final da Copa Sul-Americana, dia 1º de outubro, contra o Independiente del Valle-EQU.

Depois da primeira semana com cinco dias livres desde o início de junho e primeira semana com mais de seis dias livres desde janeiro, o técnico Rogério Ceni usará o confronto com os catarinenses para afinar o time que ele considera ideal para a decisão em Córdoba e para a sequência da temporada no nacional. 

Ceni ainda espera que o elenco tricolor consiga se aproximar do G4. O São Paulo tem hoje 34 pontos e está 11 pontos atrás do Flamengo, o 4º colocado atualmente.

E foi justamente contra o rubro-negro carioca que o comandante são-paulino começou a encaixar a equipe da maneira que ele mais gosta.

Sem jogadores de velocidade no ataque, por boa parte do ano o técnico utilizou um 3-5-2. A ideia era justamente usufruir da força ofensiva dos alas Igor Vinícius e Reinaldo (ou Welington), cujos pontos fortes são o apoio ao ataque.

Mas com a sequência de decisões, o aumento de lesões e a queda de desempenho no Brasileiro, Ceni precisava encontrar uma alternativa para conseguir avançar nas copas. E ele optou por voltar ao 4-4-2 que foi utilizado em grande parte do Paulista.

Embora tenha perdido por 3 a 1 para o Flamengo, o São Paulo mostrou um desempenho acima do esperado. Encurralou o time carioca, empilhou finalizações, mas não conseguiu converter os chutes em gols.

O sistema foi mantido contra o Atlético-GO, que foi o jogo em que o time conseguiu aliar uma atuação superior ao rival, com o resultado, que foi a classificação para a final da Sul-Americana.

Assim, o time formado por Felipe Alves; Igor Vinícius, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Alisson e Patrick; Luciano e Calleri deve ir a campo para ganhar ainda mais ritmo visando ao jogo contra o Del Valle.

Com 65 partidas no ano, o São Paulo é o time que mais disputou jogos em 2022. Depois do confronto com o Avaí, o São Paulo inicia a preparação para o jogo de Córdoba. Será uma despedida do Morumbi antes da final. A expectativa é de casa cheia para este jogo.

Para domingo, Ceni não terá Ferraresi, convocado pela seleção da Venezuela, além de Nikão, Arboleda, Caio e Gabriel Neves, lesionados.

Depois do jogo com o Avaí, o time fica em São Paulo até o dia 28, quando embarca para a Argentina, onde finaliza a preparação para a final contra o Independiente del Valle.

O Avaí, por sua vez, vem de vitória contra o América-MG, e espera manter o bom momento para escapar da zona de rebaixamento. Com 28 pontos, o time ocupa a 17ª posição.

Desfalcado por Raniele, que recebeu o terceiro cartão amarelo, e com Vladimir ainda como dúvida, o técnico Lisca pode começar a partida com: Glédson; Kevin, Bressan, Rafael Vaz e Cortez; Mateus Sarará, Bruno Silva e Jean Pyerre; Pottker, Natanael e Bissoli.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir