Cidadeverde.com
Entretenimento

Cientologia provocou término entre Tom Cruise e Nicole Kidman, diz fonte

Imprimir

Crédito: FramePhoto/Folhapress

Segundo o ex-oficial da Igreja da Cientologia, a separação entre Tom Cruise e Nicole Kidman foi causado pela Cientologia. Em seu novo livro, "A Billion Years: My Escape From a Life in the High Ranks of Scientology", Mike Rinder conta que a atriz era vista como influência negativa pela igreja.

Na obra, o ex-oficial confessa que integrantes da igreja começaram a ficar preocupados com a gravação de "De Olhos Bem Fechados", em Londres. Como estava muito ocupado com as filmagens do filme, Tom Cruise não atendia aos telefonemas do chefe da igreja, David Miscavige.

Com isso, David Miscavige providenciou um alto executivo para conversar com o artista. Dessa forma, o astro passaria pela negatividade para se tornar "claro" novamente.

Ao final do processo, a igreja conseguiu ter um controlemaior sobre Tom Cruise, o que gerou brigas entre ele e Nicole Kidman. De acordo com Mike Rinder, a igreja se sentiu tão ameaçada pela influência da famosa que chegou a contratar um investigador a fim de espioná-la e grampear seu telefone. Além disso, acrescentou que a Cientologia ficou feliz quando os dois se separaram em 2001.

Em entrevista ao Page Six, a igreja negou as acusações feitas pelo ex-oficial. "Mike Rinder é um mentiroso que procura lucrar com sua desonestidade. Ele se sustenta orquestrando o assédio de sua antiga Igreja e seu líder por meio de relatórios policiais falsos, propaganda incendiária e histórias fraudulentas da mídia", anunciou.

 

Fonte: Folhapress

 

Imprimir