Cidadeverde.com
Esporte

Santos bate Athletico-PR com gol de Luan e volta a vencer no Brasileirão

Imprimir

O Santos finalmente voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, e com direito a gol de Luan, seu primeiro com a camisa santista.

Foto - Santos - Divulgação

O triunfo por 2 a 0 sobre o Athletico-PR, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, encerrou série negativa de quatro jogos sem vitória e levou a equipe do 12° ao 9º lugar no torneio, com 37 pontos. O time paranaense é o sexto, com 44.

O Santos começou a partida tendo maior posse de bola, enquanto o Athletico se preocupava em fechar os espaços enquanto estudava o adversário. Com isso, o domínio do time da casa era estéril, pois não conseguia criar chances reais de gol.

O time paranaense recorria ao toque de bola para "quebrar" a pressão santista, mas como jogava com uma lentidão irritante, também não conseguia chegar ao gol adversário.

Assim, o jogo ficou morno, desinteressante. A ponto de o único momento de maior emoção e expectativa dos primeiros 30 minutos ter sido um pênalti marcado a favor do Santos, e depois corretamente anulado pelo árbitro após ser alertado pelo VAR.

Na jogada, Marcos Leonardo lançou Ângelo em velocidade, mas o atacante perdeu o equilíbrio, escorregou e se chocou com o goleiro Bento. Inicialmente, Bráulio Machado marcou a penalidade, considerando que o santista sofrera falta. Depois, ao rever as imagens, reconsiderou a marcação.

O Santos tinha mais vontade que o Athletico. E acabou recompensado aos 35 minutos. Lançado pela esquerda, Ângelo cruzou na medida para o então apagado Luan, bem colocado na área, encobrir Bento com um toque sutil e de classe de cabeça. Santos 1 a 0.

Luan não marcava desde o dia 20 de maio de 2021, quando fez pelo Corinthians na goleada de 5 a 0 sobre o Sport Huancayo, do Peru, pela Copa sul-americana.

O gol melhorou o jogo, pois os dois times ficaram mais acordados O Santos teve chance de aumentar com Sanchez (Bento pegou) e o Athletico chegou duas vezes com perigo.Na etapa final, a partida voltou a ficar modorrenta. 

O Santos tinha a bola, mas não explorava as jogadas em velocidade. E o time de Felipão, mesmo com alterações, não ameaça a defesa santista. O jogo ficava concentrado entre as intermediária. As chances de gols eram raras.

A primeira oportunidade real surgiu aos 31 minutos e João Paulo fez grande defesa em conclusão de Vitor Roque e depois pegou firme o chute de Alex Teixeira. Em seguida, Bento evitou o gol de Lucas Braga e Ângelo errou o alvo na frente do goleiro.O jogo ficou aberto, franco. 

O Athletico se lançou em busca do empate e o Santos tentou ampliar nos contra-ataques. E num deles, aos 46 minutos, Lucas Braga cruzou, Matheus Henrique tentou tirar, a bola bateu no goleiro Bento e entrou, sacramentando a vitória santista.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir