Cidadeverde.com
Entretenimento

'O luto é normal', diz Drica Moraes sobre os 'órfãos de 'Pantanal'

Imprimir

AgNews

Após um hiato de sete anos (a última trama foi "Verdades Secretas"), Drica Moraes, 52, está de volta às novelas. Mãe de Ari (Chay Suede), Núbia é o nome da personagem da atriz, que assumiu não estar tão preocupada com os possíveis "órfãos de Pantanal" em rejeitar "Travessia" (Globo).

"O luto é normal de uma obra para outra. Existe ainda mais depois de um sucesso estrondoso. Mas isso é um problema do público e não meu. Da minha parte e acredito de todo elenco tem muita alegria e dedicação. As pessoas precisam se abrir para o novo. Sempre."

Drica é do time que defende a personagem e descarta o rótulo de vilã. "Ela é uma mãe que quer o melhor para o filho. Esse melhor para ela é uma questão de ter, de conquistar bens materiais e aí nesse sentido de ver o herdeiro bem, ela pratica alguns atos vistos e considerados como antagonistas", observa ela.

"O negócio dela é a segurança. Coisa que ela nunca teve na vida. A Núbia é uma sobrevivente. Como várias mulheres neste país", disse durante a coletiva da novela de Glória Perez, nesta terça-feira (4).

Drica assumiu que depois de atuar um bom tempo em série estava com saudades de fazer uma novela. "Adoro a agilidade que se tem ao gravar uma novela. O improviso, o jogo de cintura em cena. Me fascinam."

 

ANA CORA LIMA
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) 

Imprimir