Cidadeverde.com
Últimas

Vídeo: morador pede carro emprestado e é roubado na porta de casa

Imprimir

A onda de violência no loteamento Hugo Prado, bairro Catarina, na zona Sul de Teresina, tem assustado moradores. O local fica próximo à rodoviária de Teresina e tem registrado constantes furtos e assaltos independente do dia e da hora. Na semana passada, um empresário foi morto durante um latrocínio. Agora, um representante comercial teve o carro roubado quando chegava em casa. O veículo era emprestado e a vítima faz um apelo para encontrá-lo. 

"Todos bem vestidos. Um de camisa de manga comprida e máscara. Os três de jeans, tênis. Achei que iam passar. Mas quando desci, fechei a porta do carro e saí com celular, carteira e chave do carro e fui abrir o portão de casa, o que vinha atrás falou comigo e disse: tudo bem? eu respondi: tudo bem! deram três passos para frente e o menorzinho voltou e me atacou. O que vinha mais atrás veio com um revólver calibre 22. Minha esperança está nas autoridades, da gente conseguir encontrar o veículo. Senão, vou ter que pagar, 'sem comer e sem beber'", desabafa a vítima. 

Os bandidos eram dois homens e uma mulher. O crime foi registrado por câmeras de segurança que mostram que o representante comercial ainda foi agredido durante o roubo. Até o momento, o carro não foi localizado e há denúncias de que teria sido usado em assaltos na cidade de Timon-MA. Informações sobre o veículo devem ser repassadas para a Polinter através do 9 8176 9161.

Câmeras de segurança, cerca elétrica e concertina são equipamentos comuns no loteamento. Mesmo assim, os crimes são constantes. 

"Vem durante o dia, durante a noite. Tem arrombamentos com pessoas dentro de casa. Eles chegam, entram e roubam. Todo final de semana tem arrombamento com a gente dentro de casa. Eles roubam, batem na gente, humilham", disse um morador que prefere não se identificar. 

 

Graciane Araújo
[email protected]

Imprimir