Cidadeverde.com
Últimas

Durante caminhada, governadora alerta para diagnóstico precoce do câncer de mama

Imprimir

Foto: Ccom

A governadora do Piauí, Regina Sousa, participou, neste domingo (9), da Caminhada do Outubro Rosa, evento realizado pela Fundação Maria Carvalho. Este ano marca a volta da caminhada de forma presencial. Nos dois anos de pandemia da Covid-19, o encontro foi realizado de forma virtual.

A avenida Raul Lopes ganhou uma cor diferente, com milhares de pessoas vestidas de rosa para chamar atenção para um tema tão necessário que é o diagnóstico precoce do câncer de mama. O percurso da caminhada foi da Ponte Estaiada até o Teresina Shopping, local onde ocorreu a entrega de medalhas, realizado pocket show, além do atendimento com profissionais da saúde onde as participantes puderam esclarecer dúvidas.

Regina Sousa ressaltou a importância de momentos como este para chamar atenção para uma doença que tem acometido muitas mulheres e também homens, que é o câncer de mama. “Se toque, literalmente. Um simples ato pode ajudar na prevenção e a detectar ainda no início a doença, o que facilita o tratamento. É importante também lembrar da importância da mamografia na idade certa, com a frequência correta. O câncer de mama tem que ser combatido todos os dias, e o Outubro Rosa é um momento para enfatizar ainda mais a necessidade desses cuidados”, disse a governadora.

Este ano, a Fundação Maria Carvalho Santos distribuiu 1.500 senhas para que as mulheres façam mamografia gratuitamente. O presidente da instituição, Luíz Ayrton Santos Júnior, destacou que há 17 anos a entidade faz essa caminhada e já ajudou a salvar muitas vidas.

“Somente este ano já tivemos 187 casos novos de câncer de mama e, desses, mais de 50% tiveram seu diagnóstico no início da doença. Quando descobrimos no estágio inicial a mulher tem mais chances de ser curada e para que isso aconteça é importante que ela faça anualmente o exame da mama”, ressaltou o médico.

A caminhada do Outubro Rosa também foi marcada pela presença de pessoas que tiveram câncer, famílias que já enfrentaram o desafio do tratamento e populares que reconhecem o poder dessa causa. No percurso também houve uma chuva de pétalas.

Da Redação
[email protected]

Imprimir