Cidadeverde.com
Últimas

Setut diz que colocará frota que atenda necessidade de passageiros no 2º turno

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde

A 19 dias do 2º turno das eleições presidenciais, a polêmica em torno do transporte público volta à tona em Teresina. Assim como no dia 2 de outubro, o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) informou nesta terça-feira (11) que irá disponibilizar a frota de ônibus que atenda às necessidades dos passageiros.  No 1º turno, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) obrigou em todo o país a circulação de 100% da frota nas capitais.

“O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) informa que irá disponibilizar a frota de ônibus, que atenda às necessidades dos passageiros. A entidade reitera que disponibiliza veículos com considerável qualidade para realizar o efetivo deslocamento de passageiros e que está se esforçando para melhor atender a todos os usuários do transporte coletivo de Teresina”, disse o Sindicato em nota.

Nesta terça, a governadora Regina Sousa (PT) confirmou que o Governo do Estado e a Prefeitura de Teresina estudam conceder a gratuidade no transporte coletivo da capital para que o eleitor não pague tarifas durante o 2º turno da eleição presidencial, que acontece no dia 30 de outubro.

“Para o dia da eleição a gente quer poder fazer os ônibus voltarem a rodar e também estamos discutindo a gratuidade para esse dia para as pessoas exercerem a sua cidadania. Precisamos estabelecer que o transporte funcione e aí a gente assumir a gratuidade”, disse a governadora.

Segundo um levantamento da Superintendência Municipal de Transporte, a Strans, para bancar o passe livre, governo e prefeitura teriam que desembolsar aproximadamente R$ 900 mil.

O Setut não comentou diretamente sobre a proposta de gratuidade, mas disse que “toda solução que busque melhorar o sistema de transporte de Teresina é bem-vinda, pois a entidade é favorável a ações efetivas de desenvolvimento do setor”.

Um dia após a realização do 1º turno, um levantamento feito pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários do Piauí (Sintetro), baseado nas escalas de trabalho do domingo, 2 de outubro, mostrou que apenas 54 ônibus circularam em Teresina durante a eleição. O número representa apenas 19,7% do total da frota, que é de 273 veículos. Já o Setut garantiu que a frota atendeu as necessidades da população com folga.

Strans quer pelo menos 70% no dia 30

Ao Cidadeverde.com, a Strans disse que pelo menos 70% da frota deve  circular no 2º turno, podendo se estender até 100%. O órgão ainda vai definir o percentual durante esta semana.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir