Cidadeverde.com
Economia

Governo paga auxílio para caminhoneiro e taxista nesta terça

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 

O governo federal antecipou o calendário de pagamentos do auxílio emergencial para caminhoneiros autônomos e taxistas. Os dois grupos recebem a parcela do benefício nesta terça-feira (18). O cronograma inicial previa que os depósitos ocorreriam apenas no dia 22 de outubro.

Segundo o MTP (Ministério do Trabalho e Previdência), a nova data faz parte de uma reprogramação no calendário de pagamento dos benefícios para permitir a liberação de uma parcela extra aos taxistas.

O valor pode chegar a R$ 500 e está previsto para ocorrer em dezembro. O grupo é uma das bases de apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição.

Os pagamentos de outubro são referentes ao quarto lote do benefício, previsto para encerrar em dezembro. Os caminhoneiros cadastrados recebem parcela fixa de R$ 1.000. O benefício dos taxistas pode chegar a esse valor, dependendo do número de profissionais contemplados.

Em outubro, o governo federal também antecipou o calendário do Auxílio Brasil de R$ 600 para concluir o pagamento antes do segundo turno das eleições presidenciais.

A medida foi uma estratégia para impulsionar a campanha de Bolsonaro, que terminou o primeiro turno em segundo lugar, atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O segundo turno será realizado no próximo dia 30.

MUDANÇA NO CRONOGRAMA

O calendário dos meses de novembro e dezembro também foi antecipado.

De acordo com a reprogramação, a quinta parcela será paga no dia 19 de novembro para os motoristas de taxi e para os caminhoneiros. A data original previa pagamento do benefício no dia 26

de novembro para as duas categorias.

Com a antecipação, as prefeituras poderão enviar informações de cadastro dos taxistas até o dia 7 de novembro. A mesma data é o limite para o caminhoneiro autônomo cadastrado como TAC (Transportador Autônomo de Cargas) preencher a autodeclaração para receber o benefício.

O processamento das informações pela Dataprev, para identificação dos elegíveis, ocorrerá no período de 9 a 15 de novembro.

Já o pagamento de dezembro, que estava previsto para ocorrer no dia 17, foi antecipado para o dia 10.

De acordo com o MTP, no mês de dezembro a pasta fará um balanço do pagamento dos benefícios para avaliar a possibilidade de pagar uma parcela extra aos taxistas.

"O objetivo do ministério é utilizar todo o recurso destinado a esse benefício pela Emenda Constitucional nº 123 e atender o maior número de motoristas de táxi impactados pela alta dos combustíveis", disse em comunicado.

O texto da PEC autoriza repassar até R$ 2 bilhões entre 1º de julho e 31 de dezembro deste ano aos motoristas de táxi cadastrados e em situação regular até 31 de maio.

Em setembro, 289.985 motoristas de táxi e 341.506 caminhoneiros receberam a terceira parcela do benefício, que teve início em agosto.

Considerando os três lotes já pagos, os recursos disponibilizados pelo governo federal para o Auxílio Caminhoneiro somam R$ 1,03 bilhão e para o Auxílio Taxista chegaram a R$ 877,3 milhões.

VEJA O NOVO CALENDÁRIO
Parcela - Previsão de pagamento
4ª parcela - 18 de outubro
5ª parcela - 19 de novembro
6ª parcela - 10 de dezembro

 

Fonte: Folhapress  (Felipe Nunes) 

Imprimir