Cidadeverde.com
Política

Flávio Júnior defende que PT busque presidência da Assembleia

Imprimir

Foto: Ascom Alepi 

O deputado estadual reeleito Flávio Júnior defendeu que o Partido dos Trabalhadores apresente um nome para a disputa pela presidência da Assembleia Legislativa. Segundo ele, o partido elegeu a maior bancada no legislativo estadual e tem capilaridade em todo o interior do Estado. 

Flávio Júnior preferiu não antecipar se seu nome poderia ser colocado para o cargo, mas destacou que, no momento oportuno, o assunto será discutido. “Quem costuma se antecipar, perde força lá na frente. O PT fez o dever de casa. Elegemos a maior bancada na Assembleia e na Câmara Federal e é justo que o partido apresente um nome para comandar a Casa. Tudo será conversado, dialogado, sem crise”, ponderou.

O parlamentar rechaçou ainda as declarações de que o partido deveria abrir mão da disputa, já que tem o comando do executivo estadual. “O MDB, por exemplo, tem o vice-governador, um senador. Isso não quer dizer muita coisa. O PT fez seu trabalho, teve uma votação expressiva, elegendo Rafael Fonteles, o senador Wellington Dias, a maior bancada na Assembleia e estamos na eminência de elegermos Lula como nosso presidente. Então, o PT tem a força e o peso também para colocar um nome nessa disputa”, reforçou.

Flávio Júnior vai para o seu quarto mandato na Assembleia Legislativa e foi reeleito com mais de 55 mil votos, sendo o mais votado na federação formada pelo PT e PV. Segundo ele, o momento agora é de discutir e trabalhar pela vitória de Lula para a Presidência da República nesse segundo turno. “Já estamos em campo. Temos cerca de 10 dias para trabalhar ainda mais o nome do Lula. Estamos percorrendo todo o Piauí para ampliarmos ainda mais a votação do nosso presidente no Estado que, diga-se de passagem, foi o que deu a maior votação proporcional ao presidente. Acreditamos que podemos ultrapassar os 80% dos votos para Lula aqui no Piauí”, finaliza.

Da Redação
[email protected]

Imprimir