Cidadeverde.com
Esporte

Boca Juniors vence e elimina Corinthians na Libertadores feminina

Imprimir

Atual campeão, o Corinthians está eliminado da Copa Libertadores feminino. Em jogo de muita vontade e pouca assertividade, o Alvinegro perdeu por 2 a 1 para o Boca Juniors, neste sábado (22), no Estádio Casa Blanca, em Quito, no Equador, pelas quartas de final da competição.

Núñez abriu o placar para as argentinas e, ainda no primeiro tempo, Adriana deixou tudo igual. Na etapa final, o Corinthians empilhou oportunidades desperdiçadas e viu Palomar sacramentar a classificação argentina.

O Corinthians se despede da competição continental com duas vitórias (ambas na fase de grupos) e duas derrotas (sendo uma na estreia e a outra para o Boca).

Classificado para as semifinais, o Boca aguarda o jogo entre Deportivo Cali e Ferroviária, que acontece hoje, às 19h15 (de Brasília), para conhecer seu adversário na próxima fase.

Do outro lado da chave, o Palmeiras encara o Santiago Morning, amanhã (23), às 19h15 (de Brasília), também pelas quartas de final.

Partida

Corinthians e Boca Juniors fizeram um início de jogo equilibrado, com as alvinegras buscando a posse de bola e jogadas construídas enquanto as argentinas apostavam em bolas longas e marcação alta. Mas uma falha de Tarciane colocou as hermanas na frente.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, a zagueira alvinegra recebeu a bola da goleira Lelê, mas adiantou demais e Priori aproveitou e, após tabela, finalizou no travessão. Núñez ficou com o rebote e abriu o marcador e Quito.

Cerca de dez minutos após o gol do Boca, o técnico Arthur Elias fez duas alterações no time do Corinthians. Jheniffer e Érika entraram nas vagas de Andressa e Tarciane, e as alvinegras chegaram ao empate na sequência.

Aos 33 minutos, Jaque cruzou na medida para Adriana cabecear sem chance para a goleira Oliveros e deixar tudo igual no Equador.

As alvinegras voltaram para o segundo tempo dispostas a virar a partida. Subindo a marcação e ocupando o campo do Boca, o Corinthians teve pelo menos duas boas oportunidades para balançar as redes.

Aos 5 minutos, Jaqueline mandou uma bomba no ângulo, para grande defesa de Oliveros. Já aos 8, após cobrança de escanteio, a bola ficou fica próxima à pequena área e nenhuma alvinegra conseguiu empurrar para o fundo.

Apesar do inicio avassalador do Corinthians, o decorrer do segundo tempo contou com muita troca de passes, defesas sólidas e ataques pouco inspirados. O Boca soube suportar a pressão alvinegra, aos poucos equilibrou a partida e seguiu explorando as bolas nas costas da zaga brasileira.

À vontade em campo, o Boca Junior marcou seu segundo gol aos 29 minutos do segundo tempo. Após jogada pela esquerda com Yamila e Gómez Ares, Palomar só precisou empurrar a bola para o fundo da rede e fazer 2 a 1 para as argentinas.

Precisando de um gol para seguir vivo na partida, o Corinthians se lançou ao ataque - mesmo correndo riscos nos contra-ataques - e teve boas chances de igualar novamente o marcador.

As alvinegras, porém, esbarram na própria afobação, somado ao "paredão" argentino na grande área, e amargaram a eliminação.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir