Cidadeverde.com
Esporte

Fortaleza e Atlético-MG ficam no 0 a 0 em confronto direto por Libertadores

Imprimir

Fortaleza e Atlético-MG não saíram do 0 a 0, nesta segunda-feira (24), no Castelão, em jogo da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro que serviu como confronto direto entre as duas equipes na briga por uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos 48 pontos e segue na sétima colocação na tabela. O Fortaleza, por outro lado, foi a 45 e é o décimo.

O empate beneficiou o São Paulo, que venceu o Juventude por 2 a 1 na rodada e se aproximou do time alvinegro mineiro na busca pela última vaga do G7.

O Atlético-MG volta a campo na próxima quinta-feira (27), contra o Juventude, às 19h30 (de Brasília), no Mineirão. Já o Fortaleza recebe o Coritiba, no Castelão, às 19h, no mesmo dia.

A primeira etapa não foi de muitas emoções no Castelão. O Atlético-MG ficou bem mais com a bola, mas sem criatividade. Os donos da casa, por outro lado, se armavam para tentar sair no contra-ataque, mas sem sucesso.

A melhor chance do primeiro tempo ocorreu apenas aos 38 minutos e saiu dos pés do Fortaleza. O goleiro Everson saiu atrapalhado do gol e acertou o companheiro de time Junior Alonso. No rebote, Pedro Rocha finalizou rasteiro no canto esquerdo e o goleiro alvinegro fez a defesa.

Insatisfeito com a posse de bola sem efetividade, Cuca voltou do intervalo com duas mudanças ofensivas. Keno e Nacho foram para o jogo para que o o elenco atleticano pudesse tentar colocar mais velocidade no jogo.

Já Vovojda também tentou melhorar a estratégia do contra-ataque e voltou com Lucas Lima e Ronald.

As mudanças surtiram efeito inicialmente. Dos pés dos acionados por Cuca no intervalo saíram as primeiras chances do Atlético-MG na segunda etapa. 

Logo no primeiro minuto, o argentino bateu forte de fora da área e exigiu uma defesa de Fernando Miguel, que espalmou. Aos sete minutos, Keno recebeu pela esquerda, passou por Brítez e finalizou em cima do goleiro.

Aos 42, Pavón acertou um chute venenoso no ângulo do gol do Fortaleza. Porém, Fernando Miguel fez uma defesa que deixou o argentino incrédulo e evitou que o Atlético-MG abrisse o placar nos minutos finais.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir