Cidadeverde.com
Geral

Governo do Catar derruba medidas contra a Covid-19 antes da Copa do Mundo

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 

O Ministério da Saúde do Catar anunciou, na quarta-feira, que a maioria das medidas de restrição contra a covid-19 serão revogadas a partir do dia 1º de novembro, próxima terça-feira, quando restarão 19 dias para o início da Copa do Mundo. Uma das restrições derrubadas é a exigência da apresentação de teste com resultado negativo para desembarcar no país.

A decisão é uma mudança de rota na postura do governo local. No final de setembro, foi anunciado que os torcedores que fossem ao Catar para acompanhar o Mundial deveriam apresentar um teste PCR ou antígeno com resultado negativo, independentemente de estarem em dia com a vacinação ou não.

Com o anúncio de quarta-feira, os torcedores não precisam mais apresentar o teste quando desembarcarem no país árabe. Outra medida revogada foi a exigência de que maiores de 18 anos usassem um aplicativo de rastreamento do governo, chamado Ehteraz, para provar que não estão contaminados pelo coronavírus antes da entrada em estádios e outros estabelecimentos.

O uso do aplicativo ainda é obrigatório para entrar em unidades de saúde, único tipo de instalação onde ainda se exige o uso de máscara, flexibilizado pelo governo na semana passada. De acordo com o comunicado do Ministério da Saúde, as medidas foram revistas porque o número de casos de covid-19 está caindo tanto no Catar quanto no resto do mundo. Além disso, cita a "implantação contínua do Programa Nacional de Vacinação da Covid-19 no Catar".

 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir