Cidadeverde.com
Economia

Gasto com remunerações quase dobra em empresas no Piauí, diz IBGE

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que o gasto com remunerações quase dobrou em empresas jovens de alto crescimento no estado do Piauí.

A pesquisa é referente a dados de 2019 e 2020, onde aponta um aumento de 94,9% com renumerações. Em 2019, as filiais de empresas “gazelas”, ou seja, aquelas que em curto espaço de tempo apresentaram um crescimento acelerado, gastaram R$ 21,2 milhões com o pagamento de salários e outras remunerações.

Já no ano de 2020, o gasto foi de R$ 41,4 milhões, aumento de mais de R$ 20 milhões em apenas um ano. Os salários médios mensais pagos aos empregados passaram de R$ 1,5 mil em 2019 para R$ 1,7 mil em 2020.

Consta ainda que o estado possui 38 filiais de empresas consideradas “gazelas”. Já o número de empregados nesses estabelecimentos cresceu 55,1%, passando de 1,2 mil para 1,9 mil assalariados, aumento de 690 pessoas.

O cenário nacional é diferente a situação, pois teve uma queda de 12,6% no total de filiais desse tipo de empresa, reduzindo de 5,1 mil para 4,5 mil em 2020. O número de empregados também teve variação negativa no período, de - 0,89%, passando de 214 mil para 212 mil.


Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir