Cidadeverde.com
Esporte

Max Verstappen vence GP do México após conquistar primeira pole no país

Imprimir

Com o título da temporada 2022 de Fórmula 1 já garantido, Max Verstappen venceu o GP do México, neste domingo (30), com tranquilidade. Após conquistar, pela primeira vez, uma pole position no país, o piloto holandês consagrou o fim de semana nesta tarde.

Na sequência, vieram Lewis Hamilton (Mercedes) e o mexicano Sergio Perez (Red Bull), que movimentou torcedores do país no autódromo Hermanos Rodríguez.

ULTRAPASSAGENS E PUNIÇÕES

Esteban Ocon roubou a posição de Valtteri Bottas na ultrapassagem do dia. Cruzou por fora e se colocou à frente de Bottas.

Na tentativa de ultrapassar Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Daniel Ricciardo (McLaren) arrancou um pedaço da parede do carro do piloto japonês. Tsunoda perdeu o controle de sua F1 e abandonou a prova. "Que p*rra foi essa?", indagou.

Ricciardo recebeu uma punição de dez segundos pela manobra.

Fernando Alonso (Alpine) foi ultrapassado pelo companheiro de equipe e ficou bravo. "Inacreditável", disse, ao rádio. O piloto espanhol abandonou a corrida na 66ª volta. O safety car virtual entrou em cena.

LARGADA

George Russell (Mercedes) largou em segundo depois de se classificar bem no sábado. Durante a largada, no entanto, perdeu duas posições.

Foi ultrapassado pelo companheiro Lewis Hamilton e também pelo piloto da Red Bull Sergio Perez. Russell foi muito bem nos treinos livres e classificatório, mas o resultado não se manteve para o GP.

Ainda assim, conseguiu manter os pneus pouco desgastados até metade da prova -dessa forma, segurou Verstappen na segunda posição mesmo após o box.

A largada foi marcada também por posições ganhas. Lance Stroll conquistou cinco ultrapassagens. Fernando Alonso (Alpine), duas, e Yuki Tsunoda (AlphaTauri) também duas.

Lewis Hamilton começou a corrida com pneus amarelos, médios, e apesar de não ter largado com tanta velocidade como o líder da prova Max Verstappen, chegou à segunda posição e segurou firme o espaço. Max começou a prova com pneus macios e largou bem, ampliando a vantagem sobre os demais.

Pierre Gasly (AlphaTauri) ultrapassou Lance Stroll (Aston Martin) num lance polêmico. Gasly entrou na curva fechada e colou na lateral do carro do rival, e ambos foram para fora da pista. Gasly foi penalizado com cinco segundos devido ao lance arriscado.

HAMILTON HOMENAGEIA RIVAL

Lewis Hamilton competiu no México usando um capacete em homenagem ao cofundador da Red Bull Racing, Dietrich Mateschitz, que morreu na última semana aos 78 anos.

No treino classificatório, Max Verstappen conseguiu a pole position e largou em primeiro. Foi a primeira vez que o atual campeão da temporada conseguiu a pole no México.

TORCIDA

A cada movimento de Sergio Perez, a torcida se levantava e ovacionava o piloto mexicano da Red Bull.

TREINOS LIVRES: MERCEDES PROTAGONISTA, FERRARI APAGADA

Depois de protagonizar os dois últimos treinos livres, George Russell terminou o classificatório em segundo. Neste sábado (29) mais cedo, o piloto da Mercedes conseguiu uma dobradinha de equipe, ao fazer a melhor marca do TL3, seguido por Lewis Hamilton.

Assim como treinos, os pilotos da Ferrari ficaram apagados no GP do México. No TL3, os pilotos Charles Leclerc e Carlos Sainz terminaram a classificação em quinto e sétimo lugar, respectivamente.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir