Cidadeverde.com
Esporte

Polícia desarticula esquema de falsificação de ingressos e fraude no Inter

Imprimir

Medidas de combate à ação de cambistas e irregularidades em estádios vêm ganhando força entre os clubes brasileiros. Uma operação da Polícia Civil desarticulou, nesta sexta-feira, um esquema de fraude que envolvia a confecção de carteiras de sócios colorados e falsificação de ingressos para os jogos do Inter. Foram cumpridos mandados de busca contra cinco suspeitos

"A partir de uma ação motivada pela segurança do clube, que gerou a prisão de cambistas no entorno do estádio, o Internacional colocou em prática, desde o jogo contra o Coritiba, uma série de medidas operacionais para dificultar as ações criminosas que vinham ocorrendo. 

O clube, então, acionou a Polícia Civil para que fosse aberta uma investigação, que resultou na prisão dos infratores nesta sexta-feira.

Além da prática de cambismo, a fraude envolve falsidade ideológica, estelionato e falsificações, entre outros crimes", explicou Victor Grunberg, vice-presidente de Administração e Patrimônio do Inter.

Outros clubes brasileiros também seguem esse caminho. Em setembro, o Palmeiras expulsou 200 cambistas do programa de sócio-torcedor e solicitou à Polícia Civil a abertura de um inquérito para investigar os infratores. 

Além disso, antes da partida contra o Athletico-PR pela semifinal da Copa Libertadores, criminosos que vendiam ingressos ao redor do estádio tiveram os bilhetes apreendidos e precisaram prestar depoimento na delegacia.

Para combater os cambistas e modernizar o acesso ao Allianz Parque, o clube deseja colocar em prática o modelo de reconhecimento facial e, para isso, vai realizar alguns testes antes de tomar uma decisão final.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir