Cidadeverde.com
Últimas

Avião com 43 pessoas a bordo cai em lago na Tanzânia

Imprimir

 

 

 

 

Um avião caiu na manhã deste domingo (6) no lago Vitoria, na Tanzânia. Três mortes foram confirmadas e ao menos 26 das 43 pessoas a bordo foram resgatadas com vida. Não há informações sobre os demais passageiros.

A aeronave da companhia aérea Precision Air decolou de Dar es Salaam, capital econômica do país, e se aproximava do aeroporto de Bukoba, localizado à beira do lago. Ainda não é possível determinar a causa do acidente, que aconteceu em meio a uma forte chuva e baixa visibilidade.

Testemunhas relataram à imprensa local que viram a aeronave instável fazendo voltas em torno do aeroporto antes de cair.

Vídeos nas redes sociais mostram o avião quase totalmente submerso, com apenas a cauda visível acima da linha da água no maior lago da África. Barcos de resgate foram acionados, e trabalhadores locais ajudam nas operações de resgate. Os socorristas tentam erguer o avião usando cabos e guindastes.

"Conseguimos salvar um grande número de pessoas", disse William Mwampaghale, comandante da polícia da província de Kagera, onde a cidade de Bukoba está localizada. Ele acrescentou que o acidente com a aeronave de modelo ATR 42-500 aconteceu a apenas 100 metros do aeroporto.

O presidente da Tanzânia pediu calma enquanto as buscas continuam. "Recebi com tristeza a informação do acidente do voo da Precision Air no lago Vitória, na região de Kagera. Envio as minhas condolências a todos os afetados por este acidente", escreveu Samia Suluhu nas redes sociais.

O presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, também enviou condolências, assim como o secretário-geral do bloco regional da Comunidade da África Oriental, Peter Mathuki.

"A Comunidade da África Oriental se une [ao presidente] Samia Suluhu, às famílias e aos amigos de todas as vítimas no acidente, enviando suas condolências", afirmou Mathuki.
A bordo do voo PW494 estavam 39 passageiros, dois pilotos e dois tripulantes. A Precision Air, fundada em 1993, é a maior companhia aérea privada da Tanzânia e opera voos regionais, incluindo fretamentos para destinos turísticos como o Parque Nacional do Serengeti e o Arquipélago de Zanzibar.

A queda ocorre cinco anos após a morte de 11 pessoas em outro acidente de avião que pertencia a uma empresa de safári no norte da Tanzânia.

 

Fonte: Folhapress

 

Imprimir