Cidadeverde.com
Entretenimento

Após ouvir vaias e gritos por Lula, Claudia Leitte diz que não vive de agradar

Imprimir

Foto: Andre Muzell / AgNews

Após receber algumas vaias e ter de escutar a maioria de seus fãs, em show em Salvador (BA), gritar "olê, olê, olê, olá, Lula, Lula", a cantora Claudia Leitte, 42, rotulada como bolsonarista, fez um desabado na apresentação pré-Carnaval de Aracaju (SE).

O discurso foi feito em tom de música. "Esse mundo tem lugar para todo mundo. Eu posso pensar, eu posso ser quem vai ajuntar, quem vai fazer você se conhecer, você conhecer alguém. E não gosto, eu não quero, jamais afastar. Eu não penso diferente de vocês, eu quero amor, eu quero paz", começou.

"E é por isso que eu não vou gritar o que todo mundo quer que eu grite, eu vou gritar o que Deus mandar eu falar, independentemente de vocês pensarem o que vocês quiserem, porque eu não vivo de agradar", emendou a artista.

No fim, disse que o melhor símbolo com as mãos que poderia fazer seria um coração. "Eu escolho amar. Pode parecer utopia, clichê, eu não estou nem aí, eu só quero amar", encerrou.

Claudia Leitte foi vaiada durante uma micareta em Salvador. Em determinado momento, o público em massa interrompeu uma música para exaltar Lula (PT), o candidato que não teria sido apoiado por Claudia. Em determinado momento, Claudia disse que todos vivem em um ambiente democrático e recebeu algumas vaias.

"Vocês estão na Micareta Salvador 2022, estamos na Bahia, e vivemos em uma democracia. Eu estou aqui para servi-los com todo amor. Que Deus guie nosso trio do início ao fim, com tudo que vocês merecem", disse a artista.

 

Fonte: Folhapress 

 

Imprimir