Cidadeverde.com
Esporte

Philippe Coutinho lamenta ausência na Copa e fica na torcida 'de coração e alma'

Imprimir

Philippe Coutinho tinha tudo para ser um dos líderes da seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar. Experiente, o meia do Aston Villa, de 30 anos, é bastante admirado pelo técnico Tite, mas acabou fora da convocação por causa de uma lesão muscular na coxa esquerda. 

Foto - Lucas Figueiredo - CBF

Sem tempo para reabilitação, o jogador lamentou a contusão e garantiu que estará na torcida pelos companheiros na busca do hexacampeonato.

"A Copa do Mundo é um sonho pra qualquer jogador e apesar de não estar lá presente, estarei de coração e alma, torcendo como todos os brasileiros", escreveu o armador em suas redes sociais. "Tenho muita gratidão a Deus e ao staff da seleção por eu ter feito parte dessa caminhada."

O armador estava animado para disputar uma nova Copa do Mundo após superar três cirurgias no joelho.

Depois de um tempo fora da seleção brasileira, ele ganhou nova chance de Tite no fim de 2021, ainda nas eliminatórias, e vinha sendo presença constante nas convocações. Agora, perde a competição por causa de problema na coxa.

"Como vocês sabem, tive uma lesão que me afasta dos gramados por algumas semanas.

Tô passando aqui pra agradecer todas as mensagens positivas que venho recebendo.

Vejo que tem muita gente que gosta de mim, então para essas pessoas deixo aqui meu sentimento de gratidão", agradeceu o meia, que vem ganhando enorme afago dos amantes do futebol.

"Com positividade e fé eu olho pra frente, focado em recuperar da melhor forma e voltar mais forte. As dificuldades fazem parte, mas ainda tem muita coisa boa pra acontecer", concluiu, mostrando confiança em nova volta por cima na carreira.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir