Cidadeverde.com
Esporte

Estádio Tibério Nunes, em Floriano passa por vistoria e FFP cita trave ‘fora do padrão’

Imprimir

Fotos:Renato Costa/Floriano

Na manhã desta quarta-feira (16) foi realizada a primeira vistoria no estádio Tibério Nunes, na cidade de Floriano. O local é casa do CoriSabbá, uma das equipes que vai disputar o Campeonato Piauiense a partir do dia 11 de janeiro. De acordo com o Coronel Jaime, representante da FFP, a maior preocupação são os quatro laudos serem liberados a tempo para inicio da competição, mas ele também chamou atenção para a altura da trave que é inferior ao padrão nacional. 

“Eu não sei como ficou o problema de trave, já que é recorrente aqui o problema da trave que é inferior ao padrão. Já estou vendo aqui não mudou. Com relação a iluminação, se não tiver condições os jogos serão entre 15h30 às 16h na parte da tarde e isso não deve ser problema”, explicou o Coronel Jaime. 

O CoriSabbá gostaria de ter se apresentado ainda neste mês de novembro, porém a falta de nome para comandar o elenco foi uma das dificuldades. De acordo com o presidente do time de Floriano o novo técnico deve ser anunciado em breve. A equipe terá como base os atletas da categoria sub20 mais alguns nomes da região que sempre defendem a camisa do clube.

“A gente está vendo a nova data. Estamos vendo um outro nome para poder iniciar o trabalho, já que Lucivan, técnico do sub20 não pode começar agora. Fizemos o pedido a secretária e acredito que não haverá nenhum impedimento para trabalhar aqui (Tibério Nunes)”, disse o técnico Anderson Kamar, presidente CoriSabbá. 

Os contratados irão se apresentar entre os dias 5 a 11 de dezembro e gira em torno de 15 nomes segundo o presidente Anderson Kamar. 

O Campeonato Piauiense 2023 começa no dia 11 de janeiro e terá oito clubes na briga por título e também por vagas nacionais. O Cori na temporada desse ano lutou contra o rebaixamento ao longo de todo o Estadual. 

 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir