Cidadeverde.com
Esporte

Verstappen larga na pole no último GP da temporada da Fórmula 1

Imprimir

Está definido o grid de largada da última corrida da Fórmula 1 em 2022. Na manhã deste sábado (19), Max Verstappen guardou a melhor volta para o final do treino de classificação e garantiu a pole position no circuito Yas Marina, de Abu Dhabi.

O atual bicampeão será seguido pelo companheiro de Red Bull, Sérgio Pérez, à frente das duas Ferraris.

Pole em Abu Dhabi em 2020 e 2021, o holandês terminou com 1m23s824 para completar a trinca deste sábado.

Na segunda fila estão Charles Leclerc e Carlos Sainz, e fecham o top 10 Lewis Hamilton, em quinto, George Russell, em sexto, e Lando Norris, em sétimo. Ocon, Vettel e Ricciardo aparecem na sequência.

Q1

Os primeiros eliminados no Q1 foram Magnussen, Gasly, Bottas, Albon e Latifi. Alonso conseguiu se garantir no Q2 já com o cronômetro zerado.

Lideraram os melhores tempos Max Verstappen, Sérgio Pérez e Carlos Sainz. Leclerc e Norris fechavam os cinco primeiros colocados. No rádio, Bottas lamentou a eliminação e disse que os pneus não funcionaram no início da volta.

Q2

Checo Pérez continuou na liderança no Q2, mas desta vez seguido por Leclerc, que garantiu a vaga no Q3 na última volta, e Sainz. Verstappen apareceu em quarto, e Hamilton foi quinto.

Os eliminados foram Fernando Alonso, Yuki Tsunoda, Mick Schumacher, Lance Stroll e Guanyu Zhou. Vettel, classificado para a última etapa, reclamou muito do trânsito na pista.

Q3

A emoção da classificação ficou para a reta final. Sérgio Pérez dominava até as últimas voltas, mas acabou ficando com a segunda colocação. Leclerc também melhorou, mas não conseguiu passar. 

No fim, 20ª pole de Max Verstappen na carreira, a sétima na temporada 2022. Primeira fila da Red Bull em Yas Marina, seguida por duas Ferrari e as duas Mercedes. Lando Norris ficou em sétimo; Ocon, Vettel e Ricciardo fecharam o top 10.

HAMILTON SEM PUNIÇÃO

Durante a bandeira vermelha no TL3, Lando Norris "dedurou" Hamilton, dizendo que o inglês ultrapassou uma Haas mesmo com a sinalização.

Depois de revisão, a direção de prova reconheceu que o heptacampeão passou Magnussen após a paralisação do treino, mas Lewis alegou que imediatamente parou de acelerar e freou. 

O delta de velocidade fez com que ele ultrapassasse mesmo assim. Comissários lembraram precedente de Verstappen na Holanda, em 2021, sob circunstâncias similares.

TL3 COM DOMÍNIO DA RED BULL

Antes da classificação, a Red Bull dominou o treino livre 3, Sergio Pérez fez o melhor tempo no circuito Yas Marina, de Abu Dhabi, enquanto Max Verstappen foi o segundo. Lewis Hamilton e George Russell, da Mercedes, vieram em seguida.

Já declarado campeão, Verstappen só foi para a pista na meia hora final do treino e abriu a primeira volta com o terceiro melhor tempo. Depois, melhorou, mas ficou atrás do companheiro. 

O holandês ficou com 1m25s134 e foi avisado pelo engenheiro da equipe que teria sido pego por limites de pista nas curvas 5 e 16. Já Pérez terminou com 1m24s982, o primeiro no fim de semana a registrar tempos melhores que 1m25.

Depois das dobradinhas da Red Bull e da Mercedes, Lando Norris ficou em quinto. Na Ferrari, más notícias. Leclerc voltou aos boxes dizendo que o cenário "não está bom" e que os pneus macios ficam ruins "após quatro curvas". Ele e Sainz ficaram em sexto e sétimo, respectivamente.

BANDEIRA VERMELHA

Faltando pouco mais de 30 minutos para o fim do TL3, Pierre Gasly teve problemas e perdeu pedaços de sua AlphaTauri após passar na zebra e o treino teve bandeira vermelha.

Depois de cerca de cinco minutos a pista foi liberada. No meio disso, Lando Norris "dedurou" Hamilton, dizendo que o inglês ultrapassou uma Haas sob bandeira vermelha.

No primeiro treino, Lewis Hamilton, da Mercedes, foi o dono da volta mais rápida no circuito Yas Marina, com 1min26sg633. George Russell foi o segundo, Leclerc o terceiro e Perez o quarto. 

Já na segunda ida às pistas, Max Verstappen, da Red Bull, liderou com uma volta de 1min25seg146. Russell ficou novamente em segundo e Leclerc em terceiro.

Como o piloto holandês Max Verstappen foi campeão de forma antecipada, a grande disputa do final semana é pelo vice-campeonato. Charles Leclerc, da Ferrari, e Sergio Pérez, da Red Bull, estão empatados na segunda colocação, com 290 pontos cada um.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir