Cidadeverde.com
Política

Racha entre PT e MDB na eleição da Alepi é ruim para o governo, avalia João Madison

Imprimir

Foto: Arquivo Cidade Verde

O deputado estadual João Madison (MDB) afirmou nesta sexta-feira (25) que a disputa entre o MDB e o PT será negativa para a base governista manter-se unida.

Ambas as siglas lançaram candidatos à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), o deputado Franzé Silva (PT) e Severo Eulálio (MDB), e até o momento não obtiveram consenso. 

O MDB propôs um acordo ao PT: fazer um rodízio de presidentes. No entanto, há uma condição, o MDB deverá assumir a vaga neste primeiro biênio. A possibilidade é descartada por petista da Casa. 

Para João Madson, a falta de consenso pode gerar um racha entre membros da base. 

“Não é que vá fortalecer a oposição. Eu acho que ruim para o governo, porque não há como não haver problemas depois disso. Não tenha dúvida disso, sempre há um racha. O bom é que tivesse um acordo, mas, não tendo, o MDB vai prosseguir com a candidatura”, pontuou o parlamentar. 

O deputado ainda avaliou que, dado o cenário que pode se instalar na Assembleia Legislativa, o ideal seria que Rafael Fonteles uma maior articulação de Rafael Fonteles no debate para a eleição da presidência. 

“Eu acho que era [interessante], mas, se ele não quer, não pode, o que a gente pode fazer?”, destacou. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir