Cidadeverde.com
Últimas

Cliente em Teresina compra TV de R$ 4 mil e recebe aparelho usado e fora de linha

Imprimir
  • TV5.jpg arquivo pessoal
  • tv4.jpg arquivo pessoal
  • tv3.jpg arquivo pessoal
  • tv2.jpg arquivo pessoal
  • tv1.jpg arquivo pessoal
  • tv.jpg arquivo pessoal

Um cliente em Teresina comprou pela internet uma TV de aproximadamente R$ 4 mil e recebeu um aparelho usado e fora de linha. Pedro Philipe disse ao Cidadeverde.com que há meses planejava a compra da televisão para assistir aos jogos da seleção brasileira, mas após ser enganado, o sonho de ver a Copa do Mundo "perdeu a cor". Além de antigo, o aparelho veio empoeirado, sem os cabos e com marcas de uso. Outro detalhe é que a televisão comprada é da marca Samsung e o aparelho entregue é da LG. 

"Estava há meses planejando  a compra de uma TV Qled de 55 polegadas, combinando com os amigos para assistir aos jogos. Comprei no início do mês e chegou há três dias. O pacote estava aparentemente intacto e, de início, não desconfiei. Mas ao pegar a caixa, já achei muito estranho devido ao peso e ela também era muito grossa. Foi aí que percebi que fui enganado", disse Pedro Philipe, que trabalha como assessor de magistrado.

Ele disse que ficou em estado de choque. "Foi um choque muito grande, um desânimo. Minha Copa perdeu a cor. Comprei uma TV de última geração quase que exclusivamente pra assistir a Copa com os amigos", reitera. 

Pedro Philipe relata que comprou a TV em uma grande rede varejista e acredita que a troca tenha ocorrido na transportadora. 

"A caixa é realmente da TV que comprei, mas o aparelho é  de plasma. Deveria ser um artigo de luxo em 2007, 2008 ou 2009. Hoje em dia, a gente só deve encontrar em loja de equipamento eletrônico jogada num canto, pra retirar peça. Já entrei em contato com todas as vias de atendimento, Twitter, chat, email, e cada um dos canais repassa um prazo diferente. Até agora, eles não atestam nem o recebimento do email", relata Philipe. 

Ele conta ainda que, ironicamente, o chat da loja solicitou imagens de todos os lados da TV ligada. 

"Eu seria bem otimista se acreditasse que a TV funciona. A pessoa que fez essa tramoia não colocou nem  os cabos da TV. Estou aguardando. Por ser a maior rede varejista do país, certamente a distribuidora deve ter câmera em todo o canto. Acredito que fizeram a troca na transportadora porque é uma transportadora nacional que tem uma filial em Teresina. Já fiz a reclamação e espero que o problema seja resolvido", disse Philipe. 

 

Graciane Araújo
[email protected]

Imprimir