Cidadeverde.com
Economia

Setor público tem superávit primário de R$ 27,095 bilhões em outubro, afirma BC

Imprimir

Foto: Gil Ferreira/Agência CNJ

O setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou superávit primário pelo segundo mês consecutivo em outubro, após o resultado positivo de R$ 10,746 bilhões em setembro, informou nesta quarta-feira, 30, o Banco Central (BC). O superávit primário em outubro foi de R$ 27,095 bilhões, menor que o saldo positivo registrado no mesmo mês de 2021, de R$ 35,399 bilhões. Em 2020, o superávit foi de R$ 2,953 bilhões.

O resultado primário reflete a diferença entre receitas e despesas do setor público, antes do pagamento dos juros da dívida pública.

O superávit primário consolidado de outubro ficou dentro do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, que iam de zero a R$ 33,400 bilhões. A mediana era positiva em R$ 26,900 bilhões.

O resultado fiscal de outubro foi composto por um superávit de R$ 30,244 bilhões do Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e INSS). Já os governos regionais (Estados e municípios) influenciaram o resultado negativamente com R$ 3,861 bilhões no mês. Enquanto os Estados registraram um déficit de R$ 3,209 bilhões, os municípios tiveram resultado negativo de R$ 652 milhões. As empresas estatais registraram dado superavitário de R$ 711 milhões.

 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir