Cidadeverde.com
Últimas

Bombeiro tenta resgatar corpo em rio e desaparece em SC

Imprimir

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de SC 

Um bombeiro desapareceu na manhã desta quinta-feira (1º) ao cair no rio Itajaí, em Santa Catarina, enquanto tentava resgatar um corpo que estava flutuando, durante as fortes chuvas no estado. Tiago José Teodoro estava em um barco particular, emprestado por um pescador da região que ajudava a equipe na ocorrência, por volta de 5h50.

O pescador e o bombeiro, acompanhados de um salva-vidas civil, conseguiram retirar o corpo da água, mas o alto nível do rio, causado pelas fortes chuvas que atingem o Sul do Brasil, criaram uma correnteza que virou a embarcação, na altura de Navegantes (SC).

O salva-vidas conseguiu resgatar o pescador, mas o cabo Teodoro não foi mais visto, segundo nota divulgada pelo Corpo de Bombeiros de Santa Catarina.

Outras equipes da corporação foram acionadas para ajudar nas buscas pelo militar, mas até o momento não há mais informações sobre seu paradeiro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ao longo da operação de busca pelo bombeiro, foram usadas cinco motos aquáticas, três botes, três embarcações, helicópteros e drones.

Às 19h30, as operações de busca foram suspensas. Elas devem ser retomadas na manhã desta sexta-feira (2).

CHUVAS EM SC

Pelo menos duas pessoas morreram por causa das chuvas em Santa Catarina nesta semana, segundo levantamento divulgado pelo governo do estado na tarde de hoje. Uma delas foi vítima de um deslizamento e outra foi eletrocutada.

Na tarde desta quinta-feira, o Corpo de Bombeiros atendeu a chamados na Grande Florianópolis e na região do vale do rio Tijucas.

Em São João Batista, município no vale do rio Tijucas, moradores ilhados registraram o momento em que bois foram arrastados pela correnteza na região.
Imagens aéreas registrada pelo Corpo de Bombeiros mostra que parte do município ficou inundada e um helicóptero chegou a ser acionado para retirar famílias presas em casas.

Uma adutora que leva água para a estação de tratamento do município foi rompida e não há previsão para restabelecimento da normalidade.

A prefeitura de São João Batista e a Defesa Civil do estado criaram uma sala de gerenciamento de ações emergenciais. As autoridades decretaram situação de emergência e cancelaram todos os eventos públicos marcados para o resto da semana, assim como o expediente nas repartições municipais.

 

Fonte: Folhapress 

Imprimir