Cidadeverde.com
Cidades

Acusado de matar homem na frente da namorada em assalto é condenado a 27 anos de prisão

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

O juiz Francisco das Chagas Ferreira, da 4ª Vara Criminal de Teresina, em decisão do dia 29 de novembro, condenou Francisco Rodrigues de Araújo Neto a 27 anos de prisão pelo assassinato Gonçalo Gomes da Rocha Filho, que estava com a namorada durante um assalto ocorrido no ano de 2017.

Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Público, no dia 7 de maio de 2017, por volta das 6h24, Gonçalo estava na companhia da namorada em um carro estacionado no bairro Piçarreira quando foram abordados por um homem e um adolescente em uma motocicleta que anunciaram o assalto.

De acordo com o MP, os suspeitos começaram a procurar pelos pertences das vítimas, que avisaram que não tinham nada de valor, e quando Gonçalo levantou as mãos, Francisco Rodrigues realizou um disparo de arma de fogo que atingiu a cabeça da vítima. 

No julgamento, o acusado foi reconhecido pela namorada da vítima, mas em depoimento ele negou sua participação no crime e disse que estava no povoado Novo Nilo quando aconteceu o latrocínio.

Na decisão o juiz Francisco das Chagas afirmou que foram apresentadas várias provas sobre a participação do acusado no latrocínio. “Em busca de subtrair coisa alheia móvel, o réu agiu dolosamente, com o fim especial de subtrair aludido bem, assim como assumiu o risco de provocar a morte da vítima, o que veio a ocorrer”, disse o juiz na decisão.

Francisco Rodrigues de Araújo Neto foi condenado a 27 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão em regime fechado.

 


Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir