Cidadeverde.com
Últimas

Família recebe "figurinha" de WhatsApp com cabeça que pode ser de jovem desaparecido

Imprimir

Foto: arquivo pessoal

Familiares de um jovem desaparecido há mais de 20 dias em Teresina receberam uma "figurinha" de WhatsApp que indica que ele foi vítima de assassinato. Samuel Brendow Sousa Santos, 23 anos, desapareceu em um bar no bairro Promorar, no último dia 17 de novembro. Investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) indica que ele foi capturado por um grupo criminoso. 

A "figurinha" com a cabeça decapitada e com sinais de espancamento foi enviada à família nesta segunda-feira (06). O DHPP ainda não confirma se a imagem é realmente do desaparecido. Contudo, para a família não há dúvidas que se trate de Samuel Brendow.

"A única coisa que a gente quer é saber onde está o corpo. A gente quer enterrar, a gente quer paz na família que tá muito perturbada com essa situação. A gente só quer isso, só o corpo", informaram familiares. 

Samuel Brendow já havia sido preso por tráfico de drogas. Ele ficou custodiado pouco mais de um ano e saiu há cerca de dois meses. Atualmente, o jovem trabalhava como garçom e entregador em um bar.

"Ele queria voltar a ter uma vida normal, mas infelizmente quem entra não consegue sair. É um caminho sem volta", lamentam familiares. 

O coordenador do DHPP, Francisco Costa, o Baretta, diz que as investigações estão avançadas e o jovem será localizado. 

"Eu vi, através de foto, uma cabeça que supostamente seria desse rapaz. Mas hoje temos programas de computador, como o Photoshop, que faz tudo isso. A Polícia Civil não se baseia em suposição, mas no fato em si, no fato concreto. A gente está investigando, os policiais fizeram digilências e estão dando continuidade para realmente saber a veracidade do fato", disse Baretta. 


Com informações Jornal do Piauí
[email protected]

Imprimir