Cidadeverde.com
Esporte

Argentina leva empate no fim, mas vence Holanda nos pênaltis e vai à semi

Imprimir

Foto: Estadão Conteúdo

 

O estádio Lusail, o principal da Copa do Mundo, virou um pedaço de Buenos Aires na tarde desta sexta-feira (9). Apoiada por milhares de fanáticos torcedores e sob comando do craque Lionel Messi, a Argentina chegou a sofrer o empate em 2 a 2 no último minuto da Holanda, mas venceu nos pênaltis, eliminou os europeus e se garantiu na semifinal do torneio com uma boa dose de drama. O próximo adversário dos sul-americanos é a Croácia, que eliminou o Brasil nos pênaltis mais cedo.

O camisa 10, aliás, brilhou mais uma vez no tempo regulamentar. Foi a partir dos pés dele - que atuou com mais liberdade em um novo esquema tático - que a bola chegou limpa para Molina abrir o placar. Depois, ele converteu um pênalti com extrema tranquilidade e enlouqueceu os torcedores.

O problema argentino, no entanto, atendeu pelo nome do grandalhão Weghorst, de 1,97m. Ele entrou no 2° tempo e precisou de apenas dois minutos para diminuir. Para piorar, no último lance de partida, o atacante girou sobre a zaga em falta ensaiada e empatou, levando a decisão para a prorrogação.

No tempo extra, os sul-americanos pressionaram e ainda acertaram a trave com Enzo Fernández. Já nos pênaltis, foram mais eficientes e arrancaram, na base da tradicional raça argentina, a classificação.

Semifinalistas, Croácia e Argentina se enfrentam na terça-feira, a partir das 16h (de Brasília), e quem vencer se garante na grande final da Copa, marcada para o dia 18.

Do outro lado da chave, Inglaterra, França, Marrocos e Portugal brigam pelas duas vagas restantes da semifinal - as quatro seleções entram em campo amanhã.

Fonte: Folhapress (BRUNO MADRID)

Imprimir