Cidadeverde.com
Esporte

Richarlison diz que momento é de 'lamber as feridas'

Imprimir

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O atacante Richarlison diz que não conseguiu dormir após a derrota da seleção para a Croácia, na sexta-feira (9), e que a eliminação do Brasil na Copa do Mundo foi o golpe mais forte que já levou em sua vida.

"Essa é uma ferida que vai ficar aberta pra sempre, porque todos nós sabemos das chances que tínhamos de buscar esse título", disse ele, em publicação nas redes sociais neste sábado (10).

Segundo o jogador, afirmar que o time brasileiro fez o seu melhor e que a derrota faz parte do esporte não ameniza a situação –pelo contrário, o revolta.

"A real é que parece que nós perdemos alguém muito próximo, que arrancaram um pedaço da gente. E eu e meus amigos vamos ter que conviver com isso", escreveu Richarlison no Instagram, destacando que muitos dos convocados para o Qatar neste ano não poderão disputar o torneio de 2026.

"Agora é hora de lamber as feridas, pedir desculpas a todos vocês e colocar a cabeça no lugar. A real é que o futebol, que me deu tudo que eu tenho, que salvou a minha vida tantas vezes, ontem me deu o golpe mais forte que eu já recebi", continuou.

"Se existe um alento nisso tudo foi ver vocês torcendo juntos de novo", disse ainda.

Richarlison era um dos jogadores mais desolados na sexta-feira, após a derrota da seleção brasileira para a Croácia nos pênaltis. Ele chegou a afirmar ter vontade de entrar em um buraco e não aparecer nunca mais.
"Sou jogador, mas sou torcedor dentro de campo. A gente criou uma expectativa muito grande, mas infelizmente falhamos", disse na ocasião, entre lágrimas.

Fonte: Folhapress

Imprimir