Cidadeverde.com
Esporte

Seleção chega ao Rio, e Everton Ribeiro fala em ferida aberta

Imprimir

Chegaram na manhã deste domingo (11) os jogadores da seleção que resolveram voltar ao Brasil após a eliminação na Copa do Mundo. Só uma parcela dos 26 jogadores desembarcou no aeroporto do Galeão, no Rio Janeiro, pela manhã. Parte foi do Qatar à Europa.

Éverton Ribeiro teve poucas chances com a seleção brasileira na Copa - Lucas Figueiredo/CBF

Aqueles que decidiram retornar Ederson, Weverton, Raphinha, Danilo, Everton Ribeiro e Rodrygo estavam entre eles– apareceram com o semblante fechado. O técnico Tite recebeu aplausos. Não quis conceder entrevistas, mas agradeceu o apoio.

O coadjuvante Everton Ribeiro foi o único a falar com a imprensa. Definiu o momento como uma "ferida aberta".

"Não tem muito o que falar. São momentos difíceis, que tenta se confortar com palavras, mas é difícil, foi um baque total. Ainda estamos digerindo isso, essa ferida vai ficar aberta por um bom tempo. Mas temos que seguir em frente, temos carreiras pela frente, nos nossos clubes. 

Agora é tentar nos recuperar o mais rápido possível. Agora, eu tenho as minhas férias. É curtir com a família e amigos, descansar o corpo, porque foi uma temporada muito puxada. Levantar a cabeça e seguir em frente", disse.

Com a eliminação na Copa, a seleção brasileira entra em recesso. Aguardará a definição do novo treinador pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), já que Tite se despediu na partida contra a Croácia.

A primeira lista de convocados deve ser anunciada no começo de março. Haverá amistosos na primeira janela Fifa de 2023, de 20 a 28 do terceiro mês do ano.

Fonte: Folhapress

Imprimir