Cidadeverde.com
Esporte

Neymar publica carta aberta agradecendo ao técnico Tite

Imprimir

Depois de publicar nos stories do Instagram as mensagens que trocou com o atacante Rodrygo e os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva, Neymar também usou a rede social para enviar uma "cartinha aberta ao Tite", agradecendo ao treinador pelo tempo em que ele comandou a seleção brasileira e lamentando o fim do sonho na Copa do Qatar.

Foto - Lucas Figueiredo - CBF

"Você merecia ser coroado com essa Copa, todos nós merecíamos por tudo que fizemos e por tudo que abrimos mão pra tentar alcançar o nosso maior sonho. Mas Deus não quis assim, paciência. Deus nos deu TUDO!", escreveu o camisa 10.

Confira a íntegra da carta ao comandante:

"Antes de nos conhecermos pessoalmente, jogamos muitas vezes contra, e posso te falar? Eu te achava muito chato! Porque você montava um time pra me marcar, fazia de tudo pra ganhar de mim e ainda falou mal da minha pessoa. Mas o destino é engraçado, né? Colocou você como treinador e eu como seu número 10.

Eu te conhecia como treinador e já sabia que era muito bom, mas como pessoa você é MUITO MELHOR!

Você me conheceu e sabe quem eu sou e isso é o que importa pra mim....

Venho aqui abertamente te agradecer por tudo, todos os ensinamentos que o sr nos deu... e foram tantos.

Você sempre será um dos melhores treinadores que eu já tive ou terei, sempre irei te exaltar. Tivemos momentos lindos mas também tivemos momentos que nos machucaram muito e esse último vai nos machucar por muito tempo.

Você merecia ser coroado com essa Copa, todos nós merecíamos por tudo que fizemos e por tudo que abrimos mão pra tentar alcançar o nosso maior sonho. Mas Deus não quis assim, paciência. Deus nos deu TUDO!

Obrigado professor Tite, por todo aprendizado... E se tem uma frase que jamais esquecerei é 'MENTALMENTE FORTE' e teremos que ser MUITO nesse momento!

Um grande abraço e OBRIGADO."

Ainda dói O jogador também publicou nas redes sociais uma mensagem assim que desembarcou no Brasil, vindo do Qatar, neste domingo (11).

No texto, ele lamenta que ainda não aprendeu a perder e que a derrota ainda dói muito. No fim, agradeceu o apoio que teve dos torcedores durante o Mundial.

Fonte: Folhapress

Imprimir