Cidadeverde.com
Últimas

Curso de Formação de Soldado da PM inicia nesta segunda-feira

Imprimir

Foto: Divulgação 

Os aprovados no concurso público da Polícia Militar do Piauí e convocados pelo Governo do Estado para o Curso de Formação de Soldado iniciam, nesta segunda-feira (12), as aulas teóricas nas cidades polo de Parnaíba, Picos e Floriano. Participam da formação 200 alunos em cada um desses municípios, num total de 600, sendo que 20 são mulheres. Em Teresina, outros 470 convocados também participam das atividades de formação.

Segundo o coronel Walber Nunes Leite, diretor do Centro de Educação Profissional (CEP) da PM-PI, no dia cinco deste mês foram iniciadas as instruções gerais e nesta segunda (12) ocorre o início do curso propriamente dito, em sala de aula. No dia 30 de novembro ocorreu a aula inaugural, quando todos os convocados participaram de solenidade. No dia anterior, os convocados para o Curso de Formação de Oficiais também participaram de aula inaugural.

Segundo o comandante-geral da PM, coronel Scheiwann Lopes, essa é uma forma de descentralizar as ações e permitir que os futuros policiais militares façam o curso mais próximo da cidade em que residem. “No total, participam do processo 1.070 homens e mulheres convocados pelo Governo do Estado. Acreditamos que em junho ou julho de 2023 estaremos fazendo a formatura, a nomeação e dando posse a esses profissionais para o ingresso na Policia Militar do Piauí”, completa o militar.

Scheiwann Lopes destaca que o novo efetivo vai permitir pôr em prática o plano de criação de novos batalhões, como o de divisas, o Batalhão Rural, do Litoral Meio-Norte, Batalhão do Semiárido e Batalhão Cerrados.

Foto: Divulgação 

A formação ocorrerá no período de oito meses, totalizando uma carga horária de 952h/a, com atividades teóricas e práticas. A matriz curricular compreende sete áreas temáticas, que incluem: sistemas, instituições e gestão integrada em Segurança Pública; conhecimentos jurídicos; modalidades de gestão de conflitos e eventos críticos; cultura, cotidiano e prática reflexiva; funções, técnicas e procedimentos em Segurança Pública; valorização profissional e saúde do trabalhado e por último a atividade profissional, que é a parte prática da formação.

Entre as disciplina destacam-se: História e identidade cultural da PM-PI, Polícia comunitária; Gerenciamento de crises; Inteligência de Segurança Pública; Direitos humanos, ética e cidadania; Policiamento ambiental; Armamento, Munição e tiro defensivo; Policiamento ostensivo; Policiamento de trânsito e Técnica de operações especiais.

 

Da Redação
[email protected] 

Imprimir