Cidadeverde.com
Cidades

Piauí começa a expedir novo modelo da identidade na próxima terça-feira

Imprimir

Foto: Divulgação

A nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) começa a ser emitida no Piauí na próxima terça-feira (20). A informação foi confirmada pelo diretor do Instituto de Identificação, Juarez Gonçalves. A emissão, inicialmente, seria iniciada amanhã, mas teve que ser adiada devido a uma intercorrência no processo de integração entre os sistemas da Secretaria de Segurança e do Governo Federal. 

“Não vamos conseguir cumprir o prazo pelo fato de ter tido uma intercorrência envolvendo a integração sistêmica, do nosso sistema com a plataforma gov.br e o sistema da Receita Federal. Por conta disso, só conseguiremos fazer a emissão a partir da próxima terça-feira, dia 20 de dezembro”, explicou. 

Inicialmente a emissão vai acontecer em Teresina. Nas próximas semanas, os postos do interior também devem começar a disponibilizar o novo modelo. 

O novo modelo vai ser utilizado apenas para quem solicitar a primeira via da identidade. Os demais cidadãos vão ter a substituição do documento feita de maneira gradativa nos próximos anos. O atual modelo vale até 2032. 

“Todo aquele que procurar os postos de atendimento a partir do dia 15, já vai receber o RG no formato da Carteira de Identidade Nacional. O diferencial é que, como essa emissão é integrada com a plataforma gov.br e a Receita Federal, o cidadão terá a possibilidade de ter o documento físico e a versão digital”, explicou o diretor do Instituto de Identificação.

O objetivo da mudança é desburocratizar o acesso e unificar o número do documento dos cidadãos nos Estados, evitando fraudes. O novo modelo prevê a integração de diferentes órgãos, viabilizando a realização de consultas em bases de dados com unicidade.

Novidades

A Carteira de Identidade Nacional (CIN) será emitida em duas versões: física e digital, que possuem o mesmo layout e segurança. A versão física, em papel ou em policarbonato, atende aos que não possuem acesso à internet, smartphones ou computadores. Já o documento em formato digital é obtido por meio dos aplicativos RG Digital do Piauí e GOV.BR, mas somente após a emissão da carteira física.

Para verificar a autenticidade do documento, a CIN possui um QR Code, que poderá ser lido por qualquer cidadão e vai permitir checar se a identidade é autêntica e se foi furtada ou extraviada.

A nova CIN também permitirá a inclusão da carteira de estudante, pela leitura do QR Code presente no novo modelo do documento.

A nova identidade segue padrões internacionais e possui o código MRZ – o mesmo do passaporte, que permite a entrada em países do Mercosul com maior facilidade. Para os demais países, ainda é necessário a apresentação do passaporte. 

 

 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir